Campo Grande 00:00:00 Segunda-feira, 22 de Julho de 2024


Justiça Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 11:41 - A | A

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 11h:41 - A | A

Operação Cartão Vermelho

Presidente da FFMS por oito mandatos, Cezário é preso em Campo Grande

Esquema envolvia saques fracionados, diárias de hotéis e comissões ilegais, aponta investigação

Vivianne Nunes
Capital News

Anderson Ramos/Capital News

Cezário

Francisco Cezário

O presidente da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) Francisco Cezário, foi preso na manhã desta terça-feira (21) em Campo Grande durante operação Cartão Vermelho do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), que investiga o desvio de R$ 6 milhões da Federação.

GAECO - MPMS

Gaeco deflagra operação “Cartão Vermelho” em Mato Grosso do Sul

..

Em vídeo divulgado nesta manhã, o advogado André Borges, afirmou que a operação ainda é muito recente e que a defesa ainda não conhece os motivos que levaram à prisão do presidente. “Ele está surpreso com tudo isso, me disse que pretende colaborar com as investigações e nós certamente iremos adotar todas as medidas defensivas previstas em lei”, afirmou.

De acordo com informações do próprio Ministério Público, os desvios de recursos ocorriam por meio de saques frequentes em espécie, realizados de forma a não exceder R$ 5.000,00 por transação, evitando assim a detecção pelos órgãos de controle. Ao todo, foram efetuados mais de 1.200 saques, totalizando mais de R$ 3.000.000,00.

Além disso, o esquema incluía a apropriação indevida de diárias de hotéis pagas pelo Estado para jogos do Campeonato Estadual de Futebol, bem como a prática de receber parte dos valores pagos a fornecedores da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). No período de setembro de 2018 a fevereiro de 2023, os valores desviados ultrapassaram R$ 6.000.000,00.

• Saiba mais sobre a operação “Cartão Vermelho”

Comente esta notícia

Jura do leon 21/05/2024

Comecou a cair a casa, fora cesario deixa nosso futebol voltar o que era, xoooo coisa ruimmmm

positivo
1
negativo
0

1 comentários

1 de 1

Reportagem Especial LEIA MAIS