Campo Grande 00:00:00 Terça-feira, 23 de Julho de 2024


Política Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 08:54 - A | A

Terça-feira, 30 de Maio de 2023, 08h:54 - A | A

Prestação de contas

Secretária de Finanças aponta crescimento de despesa em Campo Grande

Em todas as fontes aumentaram 2,14%, o valor

Viviane Silva
Capital News

Divulgação/Câmara dos Vereadores

Secretária de Finanças aponta crescimento de despesa em Campo Grande

Em todas as fontes aumentaram 2,14%, o valor

A secretária municipal de Finanças e Planejamento da Prefeitura, Márcia Helena Hokama, prestou contas aos vereadores, nesta segunda-feira (29), e apontou crescimento nas receitas do Executivo no primeiro quadrimestre do ano em comparação ao mesmo período de 2022.

 

Os números mostram que as receitas arrecadadas de todas as fontes passaram de R$ 1.761.750.879,29 em 2022 para R$ 1.817.343.926,09 neste ano, um incremento de 3,16%. Já as receitas do Tesouro passaram de R$ 899.703.183,40 para R$ 978.654.190,37, o que representou um aumento de 8,78% de um ano para outro.

 

“Estamos fazendo o dever de casa tentando diminuir um pouco mais as despesas. Temos que ver o contexto e o histórico disso. Como era antes, como ficou e como administramos. Não é fácil colocar uma despesa que não ia ter dentro de uma arrecadação. Até que você consegue equilibrar, não é uma coisa fácil. Estamos trabalhando arduamente para promover melhorias para o servidor e, consequentemente, para a população”, disse a secretária.

 

As despesas, por outro lado, também subiram no período: no Tesouro, passaram de R$ 594.079.398,11 no ano de 2022 para R$ 632.090.238,12, aumento de 6,40%. E em todas as fontes aumentaram 2,14%, passando de R$ 1.341.374.639,68 para R$ 1.370.145.414,77.

 

Atualmente, ainda conforme a secretária, os gastos com pessoal consomem 56,48% dos recursos da Prefeitura – o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal é de 51,30%. No mesmo período do ano passado, esse índice era de 56,40%.

 

A Audiência foi convocada pela Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização da Casa de Leis, composta pelos vereadores Betinho (presidente), Papy (vice-presidente), Ademir Santana, Luiza Ribeiro e Ronilço Guerreiro.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS