Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 01 de Julho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Sábado, 02 de Abril de 2022, 07h:49
Tamanho do texto A - A+

Eleição provoca troca de secretários no Governo do Estado

Principais nomes no primeiro escalão de Azambuja, Riedel vai disputar o Governo e Geraldo Resende vaga na Câmara Federal

Rogério Vidmantas
Capital News

Rogério Vidmantas/Capital News

EDuardo Riedel

Eduardo Riedel deixou pasta da Infraestrutura para disputar o Governo do Estado

Termina neste sábado (2) o prazo de desincompatibilização para que ocupantes de uma série de cargos e funções possam disputar as eleições gerais de 2002, no dia 2 de outubro. O Governo do Estado, nesta movimentação, tem alguns novos nomes no primeiro escalão, substituindo alguns expoentes, como Geraldo Resende e Eduardo Riedel. As trocas já foram confirmadas pelo Diário Oficial do Estado desta sexta (1).

 

Na secretaria de Infraestrutura, Eduardo Riedel deixa o posto para disputar a sucessão do governador Reinaldo Azambuja. Seu lugar será ocupado pelo até então adjunto, o engenheiro civil Renato Marcílio da Silva.

 

Em evidência durante toda a pandemia, o médico e suplente de deputado federal Geraldo Resende passou o cargo para Flávio da Costa Britto Neto, que já fazia parte da equipe e foi diretor-presidente da Fundação do Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte) no governo André Puccinelli. Geraldo deve mais vez tentar vaga na Câmara Federal onde já esteve por dois mandatos.

Anderson Ramos/Arquivo Capital News

Marcelo Miranda Fundesporte

Marcelo Miranda deixa a Fundesporte para disputa de uma vaga a deputado estadual

Na atual gestão da Fundesporte também houve mudança. Marcelo Miranda foi diretor-presidente da pasta durante as duas gestões de Reinaldo Azambuja e agora deixa o cargo para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa. Seu cargo será ocupado pelo advogado Silvio Lobo Filho até então diretor-executivo.

 

Na Sanesul, Walter Carneiro Júnior deixa a presidência para disputar uma das oito vagas de Mato Grosso do Sul na Câmara Federal e será substituído pela pedagoga Marta Rocha. Ela é Pós-graduada em Gestão Pública e já atuou como na Gerência de Infraestrutura Administrativa (GEINFRA).

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix