Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quinta-Feira, 22 de Abril de 2021, 17h:28
Tamanho do texto A - A+

Assentamento Bandeirantes recebe emenda parlamentar de R$ 514 mil

A senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) indicou ao Orçamento Geral da União deste ano

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação

Decreto oficializa  relicitação da BR-163 em MS

Senadora Soraya Thronicke (PSL/MS)

São R$ 232 mil para a implantação da técnica de cultivo hidropônico no assentamento e R$ 282 mil para a construção de tanques elevados para a criação de pintado. A senadora Soraya Thronicke (PSL/MS) indicou, ao Orçamento Geral da União deste ano (OGU 2021), duas emendas no valor total de R$ 514 mil para o Assentamento Bandeirantes, localizado no município de Miranda (MS). 

 

“Tenho buscado destinar recursos para a agricultura familiar do Estado e, em parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, quero contribuir também com a implantação e capacitação dos assentados para que eles tenham condições de ampliar a renda mensal”, declarou Soraya Thronicke, completando que o foco é transformar o Assentamento Bandeirantes em um modelo para os outros do Estado.

 

A senadora acrescenta que, após viabilizar o projeto, o próximo passo será levar o mesmo modelo para as aldeias indígenas de Mato Grosso do Sul. “Primeiro, precisamos mudar o conceito social da agricultura familiar, pois os assentados precisam de investimentos em capacitação. Esses pequenos produtores rurais já são proprietários de terras férteis e, agora, falta produzir e agregar valor aos seus produtos. Depois, a intenção é reproduzir esse elo do IFMS com o pequeno agricultor e com os indígenas do Estado, gerando ótimos frutos para ambos”, planeja a senadora.

 

De acordo com o líder do Assentamento Bandeirantes, Joeldo de Oliveira, as emendas da senadora Soraya Thronicke, aliadas com a parceria com o IFMS, vão ajudar a melhorar a renda dos assentados. “Nós só temos a agradecer à senadora Soraya, pois sem esse recurso nada disso seria possível. Esperamos que os dois projetos sejam implantados dentro do prazo para que, a partir de 2022, já possamos comercializar a nossa produção de pintado e de hortaliças”, finalizou.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix