Campo Grande Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Meio Ambiente Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008, 08:25 - A | A

Terça-feira, 16 de Dezembro de 2008, 08h:25 - A | A

Fronteira com o Paraguai ganha posto de informações turísticas

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

O turismo de compras na fronteira do Brasil com o Paraguai é tradicional. As opções em produtos importados, como brinquedos, perfumes e eletro eletrônicos com preços geralmente mais baixos, são os principais atrativos do comércio da região.

Contudo, quem atravessa a fronteira da cidade de Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul e Pedro Juan Caballero, no Paraguai, não imagina que mais do que um centro de compras, ambas as cidades oferecem ampla variedade de opções de lazer e turismo, pouco explorado pelo visitante que se limita apenas ao turismo de compras e, em média, não permanece mais do que 24 horas na cidade.

Para mudar este cenário, desde março de 2006, o Sebrae/MS, prefeitura de Ponta Porã e 24 parceiros, desenvolvem o Projeto Turismo Sem Fronteira Brasil e Paraguai, que visa consolidar o turismo binacional como forma de desenvolvimento sustentável. "O projeto capacita e integra a cadeia produtiva e a comunidade de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. Ele pretende estimular não só o turismo de compras, mas também o histórico, cultural e o de eventos", garante Walkíria Capusso, diretora de Turismo de Ponta Porã.

Durante os quase três anos de trabalho, segundo Walkíria, muitos resultados positivos já foram alcançados e o panorama do turismo tem mudado na região. "Antes, nossa rede hoteleira trabalhava ociosa, com média de 40% de ocupação das vagas. Hoje, a média é de 80% de ocupação dos quartos e em épocas de feriados prolongados a ocupação chega a 100 %", afirma a diretora.

Diante do fato de que o turismo de compras está consolidado na região, o foco agora, é mostrar ao turista as potencialidades da região no que diz respeito ao turismo histórico, cultural, de negócios e de entretenimento, oferecidos também amplamente pelos dois lados da fronteira, mas pouco conhecidos pelos turistas que visitam as cidades.

Completando este projeto, acontece no dia 17, o lançamento do Posto de Informações Turísticas (PIT), ferramenta que servirá de apoio ao turista que chega a região, fornecendo informações sobre locais de hospedagem, alimentação, funcionamento do comércio e legislação aduaneira.

De acordo com o responsável pelo Posto Avançado do Sebrae de Ponta Porã, Alex Fábio de Oliveira, o PIT irá trabalhar com o objetivo de captar, atualizar e organizar as informações sobre o turismo receptivo de Fronteira (Ponta Porã e Pedro Juan Caballero), colocando-as a disposição da comunidade e dos visitantes que transitam pela região.

"O posto irá fornecer gratuitamente mapas dos municípios e materiais de divulgação dos pontos turísticos, sendo assim um local de orientação personalizada, tanto a comunidade, quanto ao turista no período em que ele estiver na fronteira fazendo suas compras, participando de negócios ou a passeios turísticos." explica. Além do PIT mais ações estão previstas para impulsionar o turismo da fronteira.

Segundo Walkíria Capusso, em fevereiro de 2009, um novo planejamento com ações para os próximos três anos será realizado. "Não podemos parar com a instalação de um posto, novas atividades irão ocorrer e se necessários, até um novo PIT vai ser instalado", afirma a diretora de turismo. Os estabelecimentos comerciais da região também divulgarão os telefones do Posto para os turistas.

Serviço

O evento de inauguração do Posto de Informações Turísticas (PIT) acontece às 9 horas, no local onde o posto irá funcionar, na Rua Batista de Azevedo, esquina com Washington Luiz, s/n (em frente ao Shopping China). Mais informações pelo (67) 3433-5654 ou [email protected].

(Com informações da Assessoria do Sebrae/MS)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS