Campo Grande 00:00:00 Terça-feira, 23 de Julho de 2024


Eventos Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014, 08:39 - A | A

Quarta-feira, 27 de Agosto de 2014, 08h:39 - A | A

Em feriado chuvoso, fieis participam da “Marcha para Jesus”

Danilo Nery - (www.capitalnews.com.br)

Mesmo com a queda brusca da temperatura, cerca de 40 mil pessoas, segundo a Guarda Municipal, estiveram presentes na 19ª edição da Marcha para Jesus na tarde de ontem (26), no dia aniversário dos 115 anos de Campo Grande. Os fieis oraram e acompanharam a pregação dos reconhecidos nacionalmente, pastor Lucinho e cantor/compositor Thales Roberto, que se apresentaram respectivamente na Praça do Rádio Clube e Parque das Nações Indígenas, começo e fim da celebração. O evento que é realizado pela AEVB-MS (Aliança Evangélica Brasileira em MS), com apoio da prefeitura da Capital.

O presidente da AEVB, apostolo Edmilson Oliveira, exaltou que o dia trouxe até mesmo quem nunca participou, a prestigiar e orar pela cidade, por meio da ação realizada desde 1997, na Capital, e que nesse ano teve 60 denominações religiosas, que se propuseram a participar da Marcha.

A primeira parte do evento começou na Praça do Rádio Clube, contando com a participação do prefeito Gilmar Olarte, que é pastor evangélico, e do governador Andre Puccinelli, durante toda a programação. Olarte estava acompanhado da primeira-dama, Andreia Olarte, e família, como também de diversos secretários municipais.

Como todos os fiéis, participaram das orações, acompanharam ou entoaram hinos religiosos, apresentados pela orquestra ‘Nova Aliança’, que é formada com 150 membros, oriundos das quatro denominações da Assembleia de Deus, na Capital, disse o maestro Oseias Evangelista. O evento contou também, com uma pequena pregação do pastor Gilmar Olarte, que a encerrou com o hino ‘Renova-me’. “Os dias são de desafios, mas que com orações e Fé de que Deus é contigo, conosco, tudo pode ou poderá ser superado”, pregou.

O evento

A Marcha para Jesus 2014, que tem com lema “em favor da vida, da família e da liberdade”, iniciou com cerca de 2 mil fiéis na praça do Rádio Clube, mas foi tomando corpo a cada momento que avançava a tarde, sendo considerada como um ato profético, onde a união de todos pede a Deus melhorias para a cidade em todos os aspectos. “Curiosamente” a Marcha foi composta por maioria de jovens, mas contando com a participação diversificada de outras idades e etnias.

O vendedor, Wudson Marcos, 21 anos, fala que eventos como esse são relatados na Bíblia. “O pessoal vem na marcha, porque não é somente um evento e sim um ato profético. Hoje os jovens estão se reunindo mais e procurando preencher um vazio que sentem dentro deles, por isso buscam mais a Deus”, afirmou o jovem.

Segundo o pastor e presidente da AEVB, Edmilson Oliveira, a “programação de bênçãos”, alusiva aos 115 anos de Campo Grande, teve início em 1º de agosto com jornada de oração e as atividades se encerram hoje com a marcha.


 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS