Campo Grande Segunda-feira, 17 de Junho de 2024



Eventos Sexta-feira, 02 de Janeiro de 2015, 14:38 - A | A

Sexta-feira, 02 de Janeiro de 2015, 14h:38 - A | A

Azambuja empossa secretários e defende moralização do serviço público

Juliana Brum - Capital News (www.capitalnews.com.br)

O governador Reinaldo Azambuja defendeu a moralização do serviço público durante o discurso da cerimônia de posse dos secretários de Estado, realizada hoje (1º), no Centro de Convenções Rubens Gil e Camilo. Ele afirmou que a equipe de secretários está empenhada em transformar a realidade do Estado e proporcionar efetivamente o desenvolvimento da máquina pública.

“Vamos ter que governar com uma rígida economia de recursos e sob um regime de forte austeridade. De maneira geral, vamos ter que qualificar muito os gastos públicos. Teremos que fazer escolhas e determinar com grande nitidez as prioridades para investimentos. Mais do que nunca, é hora de convergir esforços e recursos para fazer a coisa certa e colher resultados estruturais importantes que a população espera de nós”, afirmou.

Reinaldo convocou sua equipe para enfrentar os novos desafios e fez questão de reinterar que irá cumprir os compromissos assumidos durante a campanha eleitoral. “Aproveito este primeiro ato de formação da nossa equipe, em seu escalão principal, para reiterar cada um dos compromissos que assumi com os sul-mato-grossenses. Eles estão expressos claramente no nosso plano de governo. Não por acaso, ou por mero capricho, determinei a cada um dos nossos secretários que se debruçasse detidamente sobre ele. Ao contrário de muitos projetos políticos que existem por aí, nosso programa não é uma peça de ficção, que serviu exclusivamente para alimentar a propaganda política e eleitoral em época de campanha, como tradicionalmente acontece. Pelo contrário. Nas páginas que escrevemos junto com o nosso povo, ouvindo as pessoas em cada cidade e os representantes da nossa sociedade organizada, estão guardadas as grandes metas que passaremos a perseguir, obstinadamente, a partir de hoje”.

Segundo o Governador, o objetivo do governo é ser eficiente e transparente. “Ao final, nosso objetivo também é bem simples: oferecer à nossa sociedade um governo que funciona bem. Que cumpre suas obrigações e deveres. Que retorna a alta carga de impostos que todos pagamos em serviços públicos de qualidade. Vamos cuidar especialmente de cada centavo de dinheiro público para que ele chegue intocado ao seu destino e possa ajudar a transformar, para melhor, a vida das pessoas. Vamos construir uma nova relação de parceria com os servidores, consertar distorções, implantar a meritocracia e estimular o bom desempenho, pilares fundamentais do nosso projeto de gestão. Jamais serei conivente com erros injustificáveis ou qualquer tipo de desvio de conduta dos nossos auxiliares. Para nós, não basta ser um governo que não rouba. Vamos ser um governo que não rouba e também não deixa roubar” reforçou o Governador.

Reinaldo encerrou seu discurso afirmando: “Quero, ao final, que o nosso governo possa honrar e esteja a altura de cada voto de confiança em nós depositado, como protagonistas de um novo tempo e das mudanças tão desejadas pelo nosso povo. Queremos devolver essa grande confiança em forma de trabalho sério, duro, incessante, transformador da paisagem econômica e social do nosso estado”, finalizou o governador de Mato Grosso do Sul".
 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS