Campo Grande Quarta-feira, 22 de Maio de 2024



Esporte Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008, 07:22 - A | A

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008, 07h:22 - A | A

Recisão de contrato de Ronaldo será de R$ 25 milhões

Da Redação (JG)

Ronaldo chegou gratuitamente ao Corinthians, mas não sairá com tanta facilidade. Para se proteger de prováveis ofertas do exterior pelo Fenômeno, o Timão estipulou uma multa de R$ 25 milhões para romper o contrato. O mesmo será feito com patrocinadores que acertarem com o clube embalados pela presença do craque no elenco alvinegro na temporada de 2009.

O valor pode não parecer tão elevado por tratar-se de Ronaldo, mas é superior ao que o Milan pagou ao Real Madrid para comprar o atleta no início do ano passado. Na ocasião, os italianos desembolsaram R$ 20,7 milhões aos espanhóis. O Corinthians comemora o negócio. Em 2007, vendeu o meia Willian para o Shakhtar Donetsk-UCR por R$ 30 milhões.

- O Corinthians está protegido. Já imaginou se ele vai embora. Nós não pagamos nada para contratá-lo e ainda ganharíamos R$ 25 milhões. Seria o melhor negócio da história do clube – afirma o diretor de marketing Luis Paulo Rosenberg.

Apesar de o montante não ser absurdo para os padrões europeus, a direção alvinegra confia que Ronaldo não se desligará do clube antes do dia 31 de dezembro, quando o vínculo chegará ao fim. O clube aposta na empolgação do jogador com a possibilidade de atuar no Brasil perto da família para resgatar o bom futebol antes de voltar à Europa.

 

- Não tem a menor possibilidade de o Ronaldo sair. O mundo está sem dinheiro. Ele teve uma proposta do Manchester City-ING recentemente, mas optou por jogar aqui – acrescenta Rosenberg.

Mesmo com toda a confiança, o Corinthians prefere se precaver contra uma possível debandada de patrocinadores, caso Ronaldo deixe o Parque São Jorge. Todos os acordos firmados com empresas interessadas em usar a imagem do craque também terão multa rescisória, além da obrigatoriedade de os contratos serem com prazo de um ano.

- Cada contrato será de uma forma. Mas, se o Ronaldo sair e a empresa também quiser, não vai ser tão simples. Tudo terá multa. O interesse pode ser pelo jogador, mas a camisa é do Corinthians – ressalta Rosenberg.

Para engordar seus vencimentos, o Fenômeno terá 80% do valor arrecadado com a comercialização das mangas da camisa e do calção. A empresa dele, a R9, está negociando a venda dos espaços. O Timão também está livre para receber ofertas, mas tem de apresentá-las ao atleta.

O Corinthians procura também um novo patrocinador principal para a camisa. No orçamento divulgado na terça-feira, o clube espera fechar o acordo por cerca de R$ 20 milhões. A atual parceira, que deixará o posto no final do ano, paga atualmente R$ 16,5 milhões.

- Ainda não tenho nada. Estou próximo de receber uma oferta oficial, mas não há nada de concreto – completa o dirigente. (Globo Esporte.com)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS