Campo Grande/MS, Terça-Feira, 28 de Junho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
ENTREVISTA
Domingo, 14 de Novembro de 2021, 13h:15
Tamanho do texto A - A+

Sem advogados, uma democracia não pode ser justa com seu povo, afirma Bitto Pereira

Candidato à presidência da OAB-MS defende a prerrogativas e honorários justos

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Assessoria

Sem advogados, uma democracia não pode ser justa com seu povo, afirma Bitto Pereira

Bitto Pereira

Faltando poucos dias para as  eleições na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MS), o Capital News está realizando uma série de reportagens com os três candidatos à presidência da ordem dos advogados no Estado. 

 

Luís Cláudio Alves Pereira, conhecido como Bitto, já atua como advogado a 22 anos e sempre “trabalhou em prol da carreira da Ordem dos Advogados do Brasil”. “Tenho viajado todo o Estado, estou ouvindo os colegas. Meu objetivo é continuar defendendo as prerrogativas dos advogados, a defesa de honorários justos, e manter a OAB de portas abertas e acolhedora para todos”, relata Bitto.

Vídeo de apresentação não enviado até o fechamento da publicação

 

Em relação a situação política vivida em Campo Grande e no Brasil, Bitto disse que sempre está em constante transformação. "A política é uma constante transformação, porque em uma democracia, ela representa a sociedade. Temos uma sociedade cada vez mais atenta aos atos das autoridades, e que cobra mais participação nas decisões. Todos aqueles que se dispõem a representar toda a população ou os segmentos dela, devem estar atentos aos anseios e às necessidades das pessoas e dos grupos que representam", relata Bitto.

 

Questionado sobre esta eleição, Pereira, relata que 'a OAB é fundamental para garantir que todas as leis sejam respeitadas e cumpridas'. "O advogado é essencial à Justiça. Sem advogados, uma democracia não pode ser justa com seu povo. A OAB é fundamental para garantir que todas as leis sejam respeitadas e cumpridas. Sempre que houver qualquer violação à Constituição e à legislação vigente, estaremos presentes", finaliza Bitto. O advogado ainda completa relatando que “estaremos sempre presentes, e trabalhando da forma como trabalhamos há seis anos no conselho federal, quando conseguimos aprovar a lei que criminaliza a violação às prerrogativas, e promovemos outras transformações na advocacia, como a liberação do marketing jurídico nas redes sociais, e a paridade entre homens e mulheres nos cargos da Ordem”. 

 

 

Confira a entrevista na íntegra;

 

Capital News - Qual o seu plano de ação durante esse período de eleição almejando a presidência da OAB-MS?

 

Bitto Pereira - O plano é continuar fazendo o que eu sempre fiz ao longo dos meus 22 anos como advogado. Trabalhando em prol da carreira, da Ordem dos Advogados do Brasil. Tenho viajado todo o Estado, estou ouvindo os colegas. Meu objetivo é continuar defendendo as prerrogativas dos advogados, a defesa de honorários justos, e manter a OAB de portas abertas e acolhedora para todos 

 

Capital News -  Qual o seu objetivo alcançando o cargo de presidente da OAB-MS?

 

Bitto Pereira - Como disse anteriormente, é defender as prerrogativas dos advogados e seus honorários, e dar voz a todos. Todo advogado que chegar à OAB e dela precisar, encontrará uma instituição com as portas abertas. Estaremos sempre presentes, e trabalhando da forma como trabalhamos há seis anos no conselho federal, quando conseguimos aprovar a lei que criminaliza a violação às prerrogativas, e promovemos outras transformações na advocacia, como a liberação do marketing jurídico nas redes sociais, e a paridade entre homens e mulheres nos cargos da Ordem.

 

Capital News -  Qual sua visão sobre a atual situação política vivida em Campo Grande e também no Brasil?

 

Bitto Pereira - A política é uma constante transformação, porque em uma democracia, ela representa a sociedade. Temos uma sociedade cada vez mais atenta aos atos das autoridades, e que cobra mais participação nas decisões. Todos aqueles que se dispõem a representar toda a população ou os segmentos dela, devem estar atentos aos anseios e às necessidades das pessoas e dos grupos que representam. 

 

Capital News - Qual será o papel social, fiscalizador e defensor da OAB-MS, diante de algumas situações decorrentes no Estado, como corrupção, coibir o exercício do profissional, etc. Como a sua possível diretoria vai se posicionar sobre isso?

 

Bitto Pereira -  O advogado é essencial à Justiça. Sem advogados, uma democracia não pode ser justa com seu povo. A OAB é fundamental para garantir que todas as leis sejam respeitadas e cumpridas. Sempre que houver qualquer violação à Constituição é à legislação vigente, estaremos presentes.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix