Campo Grande Quinta-feira, 23 de Maio de 2024


Educação Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008, 07:42 - A | A

Quarta-feira, 10 de Dezembro de 2008, 07h:42 - A | A

Águas Guariroba doa uniformes para projeto social

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

Contribuir com a preservação do meio ambiente e apoiar um projeto social. Em busca destes objetivos, a Águas Guariroba estabeleceu parceria com a ONG (Organização Não Governamental) Cidade dos Meninos para doação permanente de uniformes usados. O tecido dos uniformes será reaproveitado nos cursos profissionalizantes de serigrafia e costura industrial oferecidos pela instituição. A primeira remessa, cerca de 500 peças de uniformes, foi entregue nesta terça – feira, 09/12, às 14h.

A idéia de doar os uniformes à Cidade dos Meninos surgiu da necessidade de dar destinação sócio – ambiental correta aos uniformes que não são mais utilizados pela empresa. As roupas, que antes eram incineradas, agora serão utilizadas como material nos cursos de serigrafia e costura industrial. A doação da Águas Guariroba é bem vinda para a ONG. “Por sermos uma ONG que sobrevive apenas de doações, a ajuda das empresas é absolutamente necessária. A parceria com a Águas Guariroba é uma contribuição importante, pois os uniformes doados pela empresa representam uma grande economia na compra de tecidos para a aprendizagem dos alunos”, disse Adelino Paludo, coordenador pedagógico da Cidade dos Menino.

A Cidade dos Meninos é uma organização não governamental sem fins lucrativos que oferece educação cidadã e profissional totalmente gratuita para jovens de 14 a 18 anos de baixa renda familiar. São oferecidos cursos de auxiliar administrativo, montagem e manutenção de microcomputadores, mecânica, além de costura industrial e serigrafia. A ONG também oferece reforço escolar (língua portuguesa e matemática), informática e aulas sobre cidadania. Os alunos recebem alimentação, uniforme, orientação psicológica e assistência odontológica.

Atualmente, 300 jovens são atendidos pela ONG. A aluna Rosane Cavalheiro, 18 anos, abre um sorriso ao falar sobre a Cidade dos Meninos. “Entrei aqui para fazer um curso profissionalizante e entrar no mercado de trabalho. Hoje faço estágio como auxiliar administrativa em uma escola e com o dinheiro que ganho ajudo minha família e pago minhas contas. Já estou fazendo meu segundo curso, de costura industrial. A Cidade dos Meninos foi muito importante para mim”, afirma.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS