Campo Grande Segunda-feira, 17 de Junho de 2024



Educação Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2022, 09:27 - A | A

Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2022, 09h:27 - A | A

Educação

Carlos Bernardo da UCP se reúne com conselheiro do MEC em Brasília

Empresário sul-mato-grossense participa do Grupo de Transição como colaborador

Rogério Vidmantas
Capital News

Assessoria

Carlos Bernardo

Bernardo juntamente com Henrique Sartori e do deputado federal Vander Loubet

O CEO da Universidade Central do Paraguai e criador do curso de Medicina em Pedro Juan Caballero (UCP), Carlos Bernardo esteve reunido na última semana em Brasília com o  Conselheiro Nacional do Ministério da Educação, professor Henrique Sartori, para discutir diversos temas relacionados à educação e a integração latino-americana neste setor, em especial do Processo do Revalida, para profissionais formados em outros países que pretendem trabalhar no Brasil, principalmente os de Medicina que estudam no Paraguai, Bolívia e Argentina.

 

 

Outro assunto em pauta foi o Programa Mais Médicos que na opinião de Carlos Bernardo democratiza e coloca profissionais para atender principalmente a população mais carente do Brasil, onde muitos brasileiros acabam morrendo pela falta de um profissional da área de saúde. “Temos milhares de médicos formados no exterior e que poderiam estar salvando vidas, mas devido a burocracia e a falta de vontade política acabam morrendo a míngua. Isto precisa acabar e tenho certeza de que no governo Lula esta questão será resolvida’, disse Carlos.  

 

Acompanhado do deputado federal Vander Loubet, Sartori e Bernardo também trataram da implantação de uma universidade de medicina no Mato Grosso do Sul para a formação e qualificação de novos profissionais. Na tarde de quinta-feira (8) Carlos Bernardo voltou a se reunir com membros do Conselho Nacional do Ministério da Educação onde continuaram tratando dos assuntos relacionados à Educação e a Saúde.  

 

Carlos esteve na Capital Federal participando do Grupo de Transição (GT) a convite da presidente do PT Gleisi Hoffmanm.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS