Campo Grande/MS, Domingo, 19 de Janeiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Saúde
Sexta-Feira, 13 de Maio de 2016, 12h:31
Tamanho do texto A - A+

Dengue atinge marca de 55 mil casos em Mato Grosso do Sul só em 2016

Segundo Secretaria de Saúde, dos 79 municípios do estado, 70 apresentam alta incidência da doença

Liniker Ribeiro
Capital News

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta sexta-feira (13) revelam que em Mato Grosso do Sul já foram registrados 55 mil casos de dengue em 2016. Segundo boletim epidemiológico, 430 notificações foram registradas entre os dias 1º e 7 de maio.

Ao todo, 70 cidades do estado apresentam alta incidência da doença, sendo São Gabriel do Oeste o município com maior índice: 1.622 notificações e incidência de 6748,5 casos para cada 100 mil habitantes. Bandeirantes tem a segunda maior incidência: 5602,5 e 378 notificações. Em seguida vem Alcinópolis, com incidência de 4874,1 e 238 casos notificados.

Já a capital, Campo Grande, deixou de ocupar a quarta posição para dar lugar a Deodápolis, que antes tinha a sétima maior incidência e de acordo com o boletim atualizado agora ocupa a quarta posição com incidência de 4032,3 e 505 casos notificados. Em Ponta Porã a incidência é de 3201,3, a quinta maior, e 2.681 notificações. Em Campo Grande a incidência é de 3188,7 com 26.541 casos notificados.

Óbitos
Nenhuma nova morte foi confirmada pela SES, mas, até o momento, Ponta Porã é o município que registrou o maior número de mortes por dengue em Mato Grosso do Sul, com sete casos confirmados. Já Campo Grande e Durados registraram três óbitos e os município de Coxim e Maracaju contabilizam apenas uma. Ao todo, 15 mortes foram confirmadas pela doença no estado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix