Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 15 de Agosto de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 11 de Novembro de 2015, 09h:41
Tamanho do texto A - A+

Gaeco pede afastamento de dois vereadores

De acordo com Gaeco, Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB) e Edson Shimabukuro (PTB), entregaram os celulares que não eram de uso pessoal

Myllena de Luca
Capital News

Deurico/Capital News

encontro psb

Gaeco determina afastamento de dois vereadores

Os vereadores Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB) e Edson Shimabukuro (PTB), podem ser afastados. Eles entregaram aparelhos celulares que não eram o de uso pessoal. O Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) chegou a conclusão que esta atitude serviu para atrapalhar as investigações.


O Gaeco fez o despacho do pedido e o desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva determinou um prazo de cinco dias para os dois se manifestarem. Os vereadores tentaram enganar o Ministério Público Estadual (MPE), que está responsável pela Operação Coffee Break.

 

Câmara Municipal

Vereadores tentam enganar investigação e Gaeco pede afastamento

Edson Shimabukuro (PTB) também pode ser afastado

Foi pedido que fiquem impedidos judicialmente de frequentarem o prédio da Câmara de Vereadores, mesmo pedido feito no caso de Mário César (PMDB), afastado das suas funções públicas desde a Operação Coffee Break, em 25 de agosto deste ano. Mesmo depois de meses Carlão e Shimabukuro não entregaram os aparelhos verdadeiro.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix