CapitalNews

Sexta-Feira, 21 de Janeiro de 2022, 14h:16

Estiagem: Soja perda 1 milhão de toneladas em Mato Grosso do Sul

Com último levantamento houve a ampliação de áreas com piora de condições da safra 2021/2022

Elaine Silva
Capital News

Divulgação/Semagro

Em três meses, Mato Grosso do Sul bate recorde em abertura de empresas

Titular da Semagro Secretário  Jaime Verruck

Estiagem provocou perdas de pelo 1 milhão de toneladas de grãos na safra de soja 2021/2022 em Mato Grosso do Sul.  Os dados apontam que, apesar da área ficar em 3,7 milhões de hectares, a produção total da soja será de apenas 11,4 milhões de toneladas. A média de rendimento estimada que era de 56 sacas por hectare caiu para 50 sacas por hectare. 

 

 

A estimativa é da Aprosoja-MS e do Sistema Siga da Famasul , que fecharam esta semana um novo relatório sobre as condições das lavouras de soja. “MS passou por problemas hídricos severos e até por isso deu-se a decretação de emergências nos municípios, diante da irregularidade de chuvas. Esta semana fizemos nova avaliação junto com Aprosoja-MS e os resultados foram preocupantes. Sabemos que há anos a produção de soja vem expandindo. A estimativa inicial com estes 3,7 milhões de hectares plantados considerando 56 sacas por hectares representaria 12,7 milhões e toneladas de grãos. Na primeira avaliação o volume caiu para 12 milhões de toneladas com recuo de 700 mil toneladas. Mas na última semana tivemos uma piora significativa das condições da soja, inclusive com a ampliação além daquelas áreas mais críticas da região sul do Estado”, segundo o secretário de Meio Ambiente, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

 

Com este último levantamento houve uma ampliação de áreas com piora de condições da safra. “Isso não é uma notícia muito boa. Estamos avaliando uma condição fundamental. Hoje em MS, dos 3,7 milhões temos 31% da área ou mais de 1 milhão de hectares em condições ruins; 36% em condição regular e boa 33%. Então hoje 67% da produção da soja de MS está regular e ruim o que nos preocupa. O cenário não é positivo e a tendência é que este ruim e regular ainda pode culminar numa redução adicional de safra”, argumentou cia assessoria Verruck.

 

Neste momento, o Estado estima uma produtividade média de 50 sacas por hectare. “Neste ano a estimativa já tinha caído em relação a 2021 para 56 sacas diante de 62 do ano passado. Então mostra que houve uma retração significativa em relação ao ano passado em relação à média. Com isso, a safra total deve render apenas 11,464 milhões. Neste momento, mais de 1 milhão de toneladas de perdas efetivas”, salientou.

Divulgação/Aprosoja

Estiagem causa perdas na soja de 1 milhão de toneladas em Mato Grosso do Sul

Plantio de Soja em Mato Grosso do Sul

 


Fonte: CapitalNews

Visite o website: wwww.capitalnews.com.br