Campo Grande 00:00:00 Quinta-feira, 25 de Julho de 2024


Esporte Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 18:35 - A | A

Sexta-feira, 07 de Junho de 2024, 18h:35 - A | A

90 Dias

Com 21 votos favoráveis, clubes decidem manter Petrallás como presidente interino da Federação

Apenas Novo, Comercial e Pontaporanense foram contrários à decisão da CBF

Rogério Vidmantas
Capital News

Anderson Ramos/Capital News

Assembleia Clubes

Presidentes do Comercial, Operário e Águia Negra compuseram a mesa da Assembleia Geral

Estevão Petrallás segue como presidente interino da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS). Essa foi a decisão da Assembleia Geral realizada pelos representantes de clubes, profissionais e amadores, filiados à entidade nesta sexta-feira (7), no Hotel Turis, em Campo Grande. Depois de idas e vindas, palavras dos convidados, governador Eduardo Riedel e do secretário Marcelo Miranda, 21 dirigentes votaram para que a indicação de Petrallás pela CBF fosse acatada, contra votos contrários de Novo, Comercial e Pontaporanense.

Entre as pautas, os clubes decidiram pelo afastamento de Francisco Cezário, conforme determinação da CBF, quando indicou Estevão Petrallás como presidente interino por 90 dias. Se o clima, no início, era de pedido de saída do ex-presidente operariano, no fim, o jogo virou e a indicação da CBF foi aceita.

Além de decidirem pela manutenção de Petrallás, os clubes nomearam uma comissão com cinco dirigentes para acompanhar as decisões do presidente interino, como a reformulação do estatuto da entidade. Neste lista estão André Baird (Costa Rica), Iliê Vidal (Águia Negra), Luiz Bosco (Corumbaense), Mazinho (Portuguesa) e Ítalo Milhomem, representando os clubes amadores.

Anderson Ramos / Captial News

Assembleia  Estevão Petrallás

Presidente Interino da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul Estevão Petrallás

“A responsabilidade é grande, agora com o apoio da maioria que referenda a orientação da CBF. Agora é respirar um pouco e essa comissão é uma forma democrática de gestão, que deve ser compartilhada e de modo horizontal. Vamos sentar com os nomes que foram indicados. Estamos com o campeonato Sub-13 rolando, esse fim de semana começa o Sub-20 e em breve vamos começar a Série B”, disse o presidente interino da Federação após as decisões, que acompanhou no local a Assembleia.

Governo do Estado

A Assembleia foi interrompida por alguns minutos com a chegada do governador Eduardo Riedel, que passou no local da reunião antes de uma viagem. Ele falou com os dirigentes e garantiu apoio à decisão tomada e que, além de não indicar nomes, seguiria com o suporte ao Campeonato Sul-Mato-Grossense.

“O nosso compromisso de governo, e é isso que vim passar para vocês, ele vai se manter com o futebol sul-mato-grossense de maneira cada vez mais forte. A Federação é extremamente importante para o futebol e a decisão é de vocês, não do governo. É fundamental que para isso, diante de tudo o que está posto, tenham a tranquilidade necessária e a capacidade de se chegar a um bom termo, a soluções que venham a somar neste propósito. Não vamos indicar ninguém, isso não é papel do governo”, disse.

Anderson Ramos/Capital News

Eduardo Riedel

Governador Eduardo Riedel garantiu que não irá fazer indicações para Federação e garantiu apoio à decisão dos clubes

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS