Campo Grande/MS, Sábado, 31 de Julho de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 14 de Março de 2021, 11h:57
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Realidade virtual: entenda o conceito e o que já somos capazes de fazer com ela

Por Alice Bachiega

Da coluna Tecnologia
Artigo de responsabilidade do autor

Tecnologia da realidade virtual tem sido promissora para além da diversão

iStock

ColunaTecnologia

Uma tecnologia muito explorada nos últimos anos é a realidade virtual – também conhecida como realidade aumentada –, que tem permeado principalmente jogos de videogame e simuladores em celulares smartphones e computadores. Esta tecnologia nada mais é do que um ambiente completamente virtual em que o usuário tem a sensação de estar, de fato, em um outro lugar. Munido de efeitos visuais e sonoros, o ambiente permite uma imersão completa em que o usuário pode interagir com o que vê, por meio dos óculos de realidade aumentada. Atualmente, existem dispositivos que já são capazes de se conectar com os telões de cinema para causar uma sensação para além do antigo 3D.

 

Apesar de ser algo já inserido no século XXI, a realidade virtual é algo que está na mente de pesquisadores e cientistas desde os anos 30, quando o francês Antonin Artraud empregou o termo em um de seus livros, na frase “a ilusão de personagens (...) criava uma realidade virtual”. Já nos anos 70 o artista digital Myron Krueger desenvolveu algumas instalações interativas em que combinava computadores e sistemas de vídeo, o que ele já intitulava como “realidade artificial”. Porém “realidade virtual” é oficialmente um termo atribuído a Jaron Lanier, fundador da VPL Research Inc., em 1980, que assim descreveu as simulações de computadores por vários usuários em um ambiente compartilhado, como os jogos online atuais, por exemplo.


Com a invenção dos óculos de realidade aumentada, tudo mudou e se expandiu significativamente. Em jogos de tiros que simulam guerras e combates policiais, por exemplo, os usuários muitas vezes se sentem capazes até de estarem segurando, de fato, uma carabina de pressão 5.5 cbc ou outras armas de fogo, com a emulação perfeita do ambiente, incluindo efeitos sonoros, visuais e sensoriais. Alguns estabelecimentos estão se especializando em oferecer sessões de jogos do tipo com a experiência completa, ainda que já seja possível acessar a realidade virtual por meio de videogames como PlayStation e Xbox, o que pode ser muito divertido para se distrair durante a quarentena para unir os amigos.

 

Para além da diversão, o treinamento dos soldados do exército estadunidense tem inserido treinos com realidade virtual, e alguns psicólogos também estão estudando a eficácia de aplicar a realidade virtual para o tratamento de fobias. Isso ocorre porque a realidade virtual garante a integridade física dos indivíduos, o que torna a realidade aumentada um item cada vez mais presente na rotina das pessoas.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix