Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 03 de Dezembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Sábado, 16 de Outubro de 2021, 12h:12
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Vacinação infantil: quais vacinas podem ser aplicadas de forma simultânea?

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Com pandemia, muitas crianças encontram-se com sua vacinação atrasada e devem ser vacinadas o quanto antes

iStock

ColunaBem-Estar

A pandemia acabou atrasando as vacinas de muitas crianças. Com o isolamento social, muitos pais deixaram de vacinar os filhos. Para manter a vacinação em dia, é possível aproveitar a aplicação de mais de uma vacina na mesma visita ao posto de saúde ou clínica. No entanto, é importante saber quais as vacinas que podem ser aplicadas no mesmo dia.


Em 2020, os dados do Programa Nacional de Imunização (PNI) demonstram que a vacinação atingiu 75%, enquanto especialistas esperam que este número esteja acima de 90%. É importante que os pais se conscientizem que é essencial levar os filhos para se vacinarem. As vacinas estão disponíveis de forma gratuita nos postos de saúde.


Profissionais da saúde recomendam a aplicação das vacinas combinadas, como a tríplice viral, que combate o sarampo, a caxumba e a rubéola. A tetra viral ainda acrescenta varicela à lista. No caso da DPT, ela combate difteria, tétano e coqueluche, enquanto a pentavalente acrescenta hepatite B e meningite às outras três da DPT.


As vacinas combinadas são baseadas em uma série de estudos que demonstram sua eficácia. Geralmente, as vacinas que ocorrem no calendário vacinal podem ser administradas no mesmo dia. No entanto, vacinas compostas por vírus ativados devem contar com um intervalo de um mês entre elas.


Especialistas em pediatria podem traçar um plano de vacinação que se possa confiar e tirar todas as dúvidas antes das aplicações. O calendário vacinal brasileiro já é programado para que não ocorram problemas na administração das doses previstas para o mesmo dia.


Algumas vacinas, por exemplo, que podem ser tomadas no mesmo dia devem ser administradas em braços diferentes. Também é necessário, muitas vezes, avaliar a condição do paciente. Caso tenha uma reação a uma vacina, o ideal é aguardar até a próxima aplicação. Em caso de atraso na aplicação de vacinas dispostas no calendário vacinal, os pais devem levar os filhos para tomá-las o quanto antes. Cada dia de atraso é uma chance de a criança se infectar com a doença que não tomou a vacina.


Os pais precisam ficar atentos à carteirinha de vacinação dos filhos. É fundamental que a produção de anticorpos seja estimulada através das vacinas. O calendário vacinal respeita as diretrizes do Ministério da Saúde e das Secretarias de Saúde. É possível também encontrar as vacinas nas redes particulares, caso seja mais conveniente. Porém as vacinas estão disponíveis de forma gratuita. A vacinação contribui também para a imunidade coletiva.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix