Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2021, 14h:23
Tamanho do texto A - A+

Em MS safra de soja avança com 90% das lavouras em boas condições

E mais da metade já está comercializada

Laryssa Maier
Capital News

Aprosoja

Em MS safra de soja avança com 90% das lavouras em boas condições

 

Mato Grosso do Sul encerrou o plantio da soja com 90% das lavouras em boas condições e expectativa de produzir 11,591 milhões de toneladas na safra 2020/2021. O período para plantio terminou em 31 de dezembro e agricultores tem até o dia 10 de janeiro para fazer o registro da área plantada junto a Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária, Animal e Vegetal). O boletim técnico 389/2021 publicado nesta semana, avaliou as lavouras do Estado na última semana de dezembro.

 

De acordo com o boletim as chuvas do fim de dezembro contribuíram para o desenvolvimento das lavouras em todo o Estado, que conta com 90% da área plantada em boas condições, 9% regular e apenas 1% em condições ruins, ou seja, com alta infestação de pragas ou outros defeitos que causem perdas na qualidade do grão.

 

De acordo com a assessoria, na região Norte do Estado, 99% da lavoura está em condições boas. O percentual diminui para 85% na região nordeste, onde 12% está regular. Oeste, centro e sul mantem percentuais bons acima de 90%, o que são bons indicativos para a safra de Mato Grosso do Sul.

 

Na safra 2020/2021, Mato Grosso do Sul deve atingir produtividade 53 sc/ha, chegando a produção de 11,591 milhões de toneladas. A área plantada está estimada em 3,645 milhões de hectares, aumento de 7,55% quando comparada com a área da safra 2019/2020, que foi 3,389 milhões de hectares.

 

Os dados são do projeto SIGA/MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), coordenado pela Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) em parceria com entidades de produtores rurais (Famasul e Aprosoja).

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix