Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 14h:45
Tamanho do texto A - A+

Vereador cobra mais valorização para os idosos

“Idosos precisam ser mais valorizados", cobra Vereador Professor João Rocha

Laryssa Maier
Capital News

CMCG

João Rocha celebra entendimento para reabertura de academias em Campo Grande

João Rocha

Na semana em que se comemora o Dia Internacional do Idoso, no dia 1º de outubro, o vereador Professor João Rocha, defensor de políticas públicas voltadas para a melhor idade, fez um balanço das leis aprovadas de sua autoria na Câmara Municipal de Campo Grande, que visam o envelhecimento saudável e a melhoria da qualidade de vida das pessoas idosas.

 

A aprovação da Lei nº 4.789/09, alterada posteriormente pela Lei nº 5.343/14, que criou a Semana Municipal do Idoso, foi o início de uma série de leis aprovadas do vereador, sempre em busca da promoção, realização e divulgação de ações e eventos voltados para a pessoa do idoso na sociedade. "Os idosos precisam ser mais valorizados. Temos cada vez mais condições de viver até os 80, 90 anos. A cidade precisa estar preparada não só do ponto de vista estrutural, mas também para proporcionar mais oportunidades e qualidade de vida para aqueles que tanto contribuíram para o desenvolvimento de nosso município", destaca João Rocha.

 

De acordo com assessoria, o Cuidador de Idosos, criado pela Lei nº 5.870/17, é destinado a promover e capacitar a figura do cuidador de pessoas idosas, estimular a prática dessa atividade e fornecer respectivo treinamento. A ideia é estimular a profissão, para que possam prestar auxílio no âmbito domiciliar do idoso, em instituições de longa permanência para idosos, hospitais, centros de saúde, eventos culturais e sociais.

 

Para estimular a reinserção dos idosos no mercado de trabalho, o programa Ativa Idade foi criado pela Lei nº 5.997/18. O Poder Público fica responsável por incentivar a capacitação, reciclagem e requalificação profissional, além da intermediação entre idosos cadastrados, empresas, organizações do terceiro setor interessados e poder público, para as vagas disponíveis no mercado, implantando o Banco de Oportunidades para Idosos.

 

Outra proposta aprovada foi a Creche Municipal do Idoso, criada pela Lei nº 5.764/16 (assinada em conjunto com os ex-vereadores Paulo Siufi e Edil Albuquerque), que autoriza a implantação de instalações de locais apropriados para a convivência diurna de idosos, onde receberão abrigo, alimentação, cuidados específicos e realização de atividades diversas, para proporcionar serviços fisioterapêutico, nutricional, psicológico e social. O idoso será recebido por sua própria iniciativa ou da família responsável, permanecendo o período integral ou parcial, segundo a conveniência ou necessidade, como em situações em que a os familiares precisem trabalhar fora de casa.

 

Com o objetivo de educar a juventude sobre a importância da valorização do idoso, criou ainda a Lei nº 6.013/18, que cria o programa de palestras sobre a relação entre jovens e idosos na Rede Municipal de Ensino, denominado de "Nós Jovens e Idosos". Já no âmbito esportivo, João Rocha assinou junto com os vereadores Papy e Valdir Gomes a Lei nº 6.250/19, que institui no calendário oficial de eventos de Campo Grande os Jogos Municipais dos Idosos (JOMI), a serem realizados anualmente, promovendo esporte e saúde para a população.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix