Campo Grande Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Política Sábado, 27 de Dezembro de 2008, 12:02 - A | A

Sábado, 27 de Dezembro de 2008, 12h:02 - A | A

Disputa em aberta pela Nova Mesa Diretora de vereadores da Capital

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

A nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de Campo Grande que atuará no biênio 2009-2010 será eleita em reunião a ser realizada no dia 1º de janeiro, às 19 horas, no Plenário Edroim Reverdito (Plenarinho) da Casa de Leis. Faltando somente cinco dias para definir quem será o novo presidente, a disputa continua apertada e indefinida.

A eleição ocorrerá logo após a solenidade de posse dos vereadores, prefeito e vice-prefeito de Campo Grande eleitos para o quadriênio 2009-2012, realizada às 17 horas no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo. A Mesa Diretora é composta por cinco vereadores, nos cargos de presidente do legislativo municipal, vice-presidente, 1º secretário, 2º secretário e 2º vice-presidente.  Os dois candidatos que estão brigando pela presidência da Câmara da Capital são; Paulo Siufi do PMDB e Cristovão Silveira do PSDB.

O prefeito da Capital já declarou que:  “O prefeito tem interesse que o candidato esteja em sintonia com o Executivo”, sem revelar qual das chapas receberia seu apoio.  O candidato a presidência da Câmara Paulo Siufi (PMDB) anda contabilizando 12 votos que ele considera certo para sua eleição. Já Cristovam Silveira (PSDB) disse que já conta com 09 votos e vai em busca da diferença para ganhar a eleição. Certo mesmo é que somente no dia da eleição e que saberemos quem tinha o apoio da maioria dos votos dos colegas vereadores.

Conforme o Regimento Interno, para se eleger o candidato à presidência da Casa de Leis precisa de maioria simples de votos, ou seja, 2/3 dos membros que compõem a Câmara. A Mesa Diretora eleita abrirá os trabalhos do legislativo em sessão solene realizada no dia 2 de fevereiro de 2009, às 9 horas.  Tudo indica que estes últimos dias de 2008 são terão muito o clima de paz e harmonia entre os candidatos que literalmente vão as compras, ou melhor em busca dos votos para conquistar a vitoria e a presidência da câmara de vereadores de Campo Grande.
 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS