Campo Grande Quinta-feira, 23 de Maio de 2024



Política Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008, 07:26 - A | A

Quinta-feira, 13 de Novembro de 2008, 07h:26 - A | A

André divulga MS para empresários na Cofindustria

Da Redação (JG)

No segundo dia de sua visita à Itália, o governador André Puccinelli “vendeu” as oportunidades de investimento em Mato Grosso do Sul para mais de 700 empresários italianos, reunidos na Cofindustria (Federação das Indústrias da Itália) para o Fórum Empresarial Brasil-Itália, que contou com a presença do presidente Lula, da ministra Dilma Roussef, da Casa Civil, e de Miguel Jorge, Ministério do Desenvolvimento, da Indústria e Comércio.

Para uma platéia formada por altos dirigentes da indústria italiana, André Pucinelli fez uma apresentação de 30 minutos do Estado de Mato Grosso do Sul, defendendo as vantagens de “se investir em um Estado novo, com grande potencial agropecuário, sucroenergético e de turismo, estrategicamente bem localizado, no coração da América do Sul”.

André apontou as oportunidades de investimento na área da industrialização de alimentos, sobretudo carne de gado, frango, suínos e derivados, frisando que o governo de Mato Grosso do Sul oferece todo o apoio institucional para o empreendedor que deseja investir, ganhar dinheiro, gerar empregos e qualidade de vida no Estado”.

O governador falou em italiano para um grande público que lotava o auditório principal da "CNI italiana", a Cofindústria. Para se ter uma idéia da importância do Fórum, usaram da palavra os dois ministros brasileiros, Dilma e Miguel Jorge, além de Adolfo Urso, subsecretário de Desenvolvimento Econômico; Cláudio Scajola, ministro de Desenvolvimento Econômico da Itália; Corrado Faissola, presidente da ABI (Associação Italiana de Bancos); Paulo Skaf, presidente da Federação das Industrias de São Paulo (Fiesp); e Emma Marcegaglia, presidente da Cofindustria.

O presidente Lula fechou o Fórum, defendendo maior relacionamento econômico, comercial e cultural entre Brasil e Itália, lembrando que há alguns anos atrás o intercâmbio cultural era muito maior entre os dois países. Lula disse que a atual crise ensina os empreendedores que é preciso ter criatividade para superar os obstáculos e criar novas oportunidades de negócios. O presidente disse que os brasileiros têm produtos de qualidade, precisam viajar mais, vender mais e fazer mais negócios mundo afora.

Mesas Setoriais

Na manhã desta terça-feira, o governador também tratou de investimentos, falando das perspectivas que Mato Grosso do Sul oferece nas Mesas Setoriais de Investimentos Brasil-Itália, organizadas pela Fiesp no “Grande Hotel de la Minerve”, no centro de Roma.

No evento, prestigiado por um grupo de 120 empresários italianos, o governador novamente pontuou o enorme potencial de ecoturismo e produção de grãos e carne de Mato Grosso do Sul, além do campo que se abre na área de energias renováveis, como o etanol e as florestas energéticas.

Na reunião de mesas setoriais foram tratados quatro grandes temas: agronegócios (produção de alimentos e comércio – oportunidades de exportação, atração de investimentos e transferência de tecnologia), infra-estrutura (oportunidades de investimentos em infra-estrutura), energia (oportunidades de negócios no Brasil – exportação de etanol, novos investimentos, joint ventures e intercâmbio tecnológico) e pequenas médias empresas (identificando oportunidades de negócios entre as micro e pequenas empresas brasileiras e italianas).

Durante todo o dia, a comitiva de empresários que acompanha o governador pode conhecer e manter contatos com empresas italianas que podem ser parceiras em negócios ou clientes de produtos sul-mato-grossenses.

“Roma, nestes dois dias, foi uma grande vitrine onde pudemos mostrar quanto o nosso Estado é belo para ver e produtivo para investir”, avaliou o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Luis Cláudio Fornari, certo de que em breve as sementes plantadas renderão frutos, “porque as pessoas entenderam que Mato Grosso do Sul é uma terra de ótimas oportunidades”.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS