Campo Grande Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Economia Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008, 17:11 - A | A

Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008, 17h:11 - A | A

Dólar tem recuo de 3,5% com cenário global e ações do BC

Da Redação (JG)

O dólar teve um pregão de desvalorização frente ao real nesta quinta-feira. A cotação seguiu a trajetória de queda da divisa nos principais mercados internacionais e também foi influenciada pelas ações do Banco Central (BC) no mercado cambial. Ao final da sessão, o dólar caiu 3,53%, aos R$ 2,345. Na mínima do dia, a moeda americana chegou a cair quase 6%, para R$ 2,29.

"O dólar hoje derreteu. Todas as moedas estão subindo lá fora, temos um dia mais otimista, o panorama está melhor, mas essa queda está exagerada", afirmou Luis Piason, gerente de operações de câmbio, lembrando que recentemente, após a intensificação da crise financeira mundial, os mercados têm operado nos extremos, com muita volatilidade.

Frente a uma cesta com as principais moedas globais, a moeda americana perdia 2,3% por volta das 16h45 de Brasília. O movimento também acompanha a valorização das commodities, que apresentam forte alta no dia.

Piason ressalta ainda a importância dos movimentos nos mercados futuros de câmbio. "Tivemos boa parte da rolagem de swap pra janeiro, retirando parte das pressões sobre o dólar. Os estrangeiros estão tirando o pé".

Intervenções do BC

A cotação do dólar também foi influenciada pelas ações do BC no mercado. Durante a tarde, a autoridade monetária realizou mais um leilão visando à rolagem dos contratos de "swap" cambial que vencerão em 2 de janeiro de 2009. Do lote de 69,5 mil contratos, apenas 24,4 mil foram colocados, o que representa 35% do total. A operação movimentou US$ 1,2 bilhão.

Na seqüencia, o BC realizou um leilão de dólares no mercado à vista, acentuando, assim, a trajetória de queda no preço da moeda. A operação foi realizada pelo Departamento de Operações das Reservas Internacionais (Depin) e a taxa de corte para a venda da moeda ficou em R$ 2,285. (G1)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS