Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 03 de Março de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 21 de Fevereiro de 2021, 11h:58
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Novas políticas de privacidade do WhatsApp: o que muda?

Por Alice Bachiega

Da coluna Tecnologia
Artigo de responsabilidade do autor

Aplicativo deve compartilhar dados dos usuários com o Facebook para melhorar funções de compras de ambas as plataformas

iStock

ColunaTecnologia

Avisos sobre a nova política de privacidade do WhatsApp já começaram a chegar para os usuários, informando que até o dia 15 de maio a forma como o app lida com os dados informados no momento do cadastro e ao decorrer do uso mudará. A única opção para quem usa o mensageiro é aceitar as alterações no momento, optar por aceitar mais tarde, ou encerrar o uso e desinstalar o aplicativo. Mas, afinal, quais são as alterações propostas e como isso afeta o usuário?


As mudanças visam compartilhar com o Facebook e o Instagram – redes sociais que fazem parte do grupo do WhatsApp – dados como o endereço de IP do usuário, número de telefone e as atividade realizadas na plataforma, por exemplo, além da maneira que os internautas falam com contas comerciais da plataforma – as que usam as versões WhatsApp Business e API WhatsApp.


As informações compartilhadas, de acordo com o informativo do aplicativo, são aquelas cedidas na hora do cadastro, incluindo nome completo e número de telefone, além das demais permissões pedidas na primeira vez em que o usuário utiliza funcionalidades como envio de áudio e fotos – esses tipos de mensagens agora também poderão ser acessadas pelo software do Facebook.


Já para as mensagens escritas o WhatsApp reforça que é utilizada criptografia e esses dados não são armazenados em seus servidores. Desta maneira, seguem sendo completamente confidenciais, assim como conversas em grupos e ligações telefônicas.
 
Meus dados correm risco agora?
Diferentemente do que dizem algumas suposições, de acordo com o WhatsApp, o compartilhamento de dados é apenas para melhorar a experiência do usuário – em especial, no uso de funcionalidades comerciais em ambos os aplicativos, como o contato com lojas pelo app de mensagens ou o marketplace do Facebook.


"Queremos esclarecer que a atualização da Política de Privacidade não afeta, de forma alguma, a privacidade das mensagens que você troca com seus amigos e familiares. As mudanças nesta atualização estão relacionadas aos recursos comerciais e opcionais do WhatsApp, e fornecem mais transparência sobre como nós coletamos e usamos esses dados”, diz a equipe do WhatsApp.


Para que essas informações serão usadas?
As mudanças têm foco em melhorar apenas três aspectos: atendimento ao cliente, descobrir outras empresas e experiências de compras. Com os dados compartilhados, as plataformas conheceriam melhor quem as usa e poderiam aperfeiçoar serviços como o contato com contas comerciais, tornando o contato com os vendedores mais automatizado, e a sugestão de novas lojas e empresas, levando em consideração o perfil de cada pessoa.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix