Campo Grande/MS, Domingo, 12 de Julho de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Domingo, 05 de Abril de 2020, 11h:15
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Quem convive com idosos deve dobrar os cuidados durante o isolamento

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Pessoas acima dos 60 anos compõem o grupo de risco

Divulgação

ColunaBem-Estar

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as pessoas que convivem com idosos de 60 anos ou mais devem redobrar os cuidados durante o isolamento. Isso porque, de acordo com a Organização Mundial da Saúde, eles são o grupo com maior risco de agravamento da doença, principalmente os que possuem doenças preexistentes, como diabetes e pressão alta.


A recomendação geral é de que os idosos permaneçam em isolamento total. Por isso, a Anvisa suavizou as regras para as compras de medicamentos controlados e, agora, eles poderão ser entregues na residência do paciente, além de que será possível comprar quantidades maiores com apenas uma receita.


Assim, as demais atividades essenciais, como ir ao supermercado, podem ser feitas pelas outras pessoas que moram na casa, sempre adotando as recomendações de higiene, como trocar de roupa ao chegar, tirar os sapatos e lavar as mãos, para evitar levar o contágio para o idoso. Também é importante higienizar os alimentos antes de guardá-los.


"Principalmente para aqueles acima de 80 anos, recomendamos que não frequentem locais públicos, evitem supermercado, missas e cultos religiosos ou recebam visitas de familiares que estejam com sintomas", explica a infectologista e professora da Unifesp, Nancy Bellei.


Para o médico geriatra do Núcleo de Geriatria do Hospital Sírio-Libanês, Luiz Antônio Gil Júnior, as pessoas devem ficar em isolamento, independentemente do tamanho da cidade em que residem. Assim, as saídas que não são essenciais devem ser evitadas. “O problema é que a pessoa mais jovem acha que pode sair e voltar, e, ao fazer isso, pode trazer a doença para casa", afirma.


Há também as orientações para os idosos que precisam de cuidadores. Neste caso, os profissionais devem manter a higiene das mãos antes e depois de qualquer contato com o idoso e, se usar o transporte público, é preciso trocar de roupa antes de iniciar o trabalho. Além disso, os cuidadores devem tomar a vacina contra o vírus influenza e, se apresentarem sintomas de gripe, precisam ser afastados por 14 dias.

Cuidados com a casa
Um ambiente limpo proporciona saúde e bem-estar aos seus ocupantes. A limpeza profunda deve ser realizada uma vez por semana em residências que não tenham nenhum caso confirmado. Segundo o Ministério da Saúde, os produtos usados antes do surgimento do Covid-19 podem continuar sendo usados e destaca o uso da água sanitária, devido ao seu poder de desinfecção.


O ambiente deve estar arejado, para que o ar circule pelos cômodos. Se os moradores preferirem usar ar-condicionado, o filtro deve ser limpo de forma regular, para evitar o contágio e o agravamento de doenças respiratórias.

 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix