Campo Grande/MS, Terça-Feira, 24 de Abril de 2018 | 08:36
27˚
(67) 3042-4141
2017
Segunda-Feira, 01 de Janeiro de 2018, 12h:00
Tamanho do texto A - A+

Tragédia no trânsito no último dia de 2016 anuncia mais um ano violento na Capital

2017 foi marcado por crimes bárbaros que chocaram a população

Samira Ayub
Especial para o Capital News

Deurico Ramos/Capital News

Reconstituição da morte de empresário chega ao fim após 3h

..

retro2017

Na madrugada do último dia do ano, 31 de dezembro de 2016, o empresário Adriano Correa do Nascimento, 33 anos, saía de uma festa na companhia de dois amigos quando se envolveu em uma briga de trânsito na Avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande. A discussão terminou com o empresário morto por dois disparos efetuados pelo policial rodoviário federal Ricardo Hyun Su Moon, envolvido na discussão. A tragédia no trânsito prenunciava um ano violento na Capital.

 

Adriano, Wesner, Kauan, Mayara, Cristóvão e Fátima, são algumas das vítimas da violência e de crimes que chocaram a população.

Deurico Ramos/Capital News

Lava jato onde adolescente foi ferido com mangueira fica parcialmente destruído após incêndio

..

 

Wesner

O adolescente Wesner Moreira da Silva, 17 anos, não resistiu aos ferimentos provocados pela introdução de uma mangueira de alta pressão no ânus. Wesner trabalhava em um lava jato, em Campo Grande, quando foi agredido pelo dono do estabelecimento, Thiago Demarco Sena, e por William Henrique Larrea, funcionário do lava jato, que alegaram que se tratava de uma “brincadeira”. Os autores foram indiciados por homicídio doloso. 

 

Kauan

Deurico/Capital News

Caso Kauan: morto, menino foi estuprado por 4 adolescentes e esquartejado na frente deles

..

CapitalTV

Kauan Andrade Soares dos Santos, 9 anos, desapareceu no dia 21 de junho. O menino passou a tarde cuidando de carros e seguiu acompanhado por um adolescente de 14 anos, até a casa de Deivid Almeida, 38 anos, no bairro Coophavilla, na Capital. O que seria um caso de desaparecimento revelou uma história terrível, trágica e cruel. O homem, que se dizia professor, valia-se da situação financeira precária de suas vítimas para abusá-las. Kauan foi uma dessas vítimas, ele foi estuprado por quatro adolescentes, morto e esquartejado.

 

Arquivo Pessoal

Kauan

....

Segundo a polícia, Deivid, obrigou os adolescentes com idades entre 14 e 16 anos, a estuprar o menino. O autor estava armado e ameaçava os garotos, e teria feito mais de dez vítimas, entre eles, o adolescente de 14 anos que levou Kauan para a casa do autor. 

 

De acordo com o depoimento do adolescente, Kauan gritava de dor durante o ato sexual, foi amordaçado e morto por asfixia. Deivid obrigou o adolescente a segurar o menino, já desfalecido, e prosseguiu com o estupro. Outros três adolescentes chegaram ao local quando Kauna já estava morto. 

 

Os adolescentes contaram à polícia de que diante do menino morto, foram obrigados a estuprá-lo, e em seguida, viram o corpo ser esquartejado pelo autor, que colocou os restos mortais em um saco preto, e acompanhado pelos adolescentes, deixou o saco sobre uma pedra no córrego Anhanduí. Após, Deivid, deixa cada um dos meninos em suas casas, sob ameaças. 

 

Deivid irá responder pelos crimes de estupro de vulnerável, estupro de vulnerável seguido de morte, ocultação de cadáver, corrupção de menor e posse de material pornográfico.

 

Cristóvão e Fátima

Deurico/Capital News

Presos outros dois integrantes do crime contra o ex-vereador e sua esposa

..

Facebook Reprodução

Cristovão Silveira e Fátima Silveira

Cristovão Silveira e Fátima Silveira

O ex-vereador Cristóvão Silveira (PSDB) e a mulher Fátima Silveira, foram assassinados na noite de 18 de julho, na chácara da família localizada na MS-080, saída para Rochedo. 

 

Rivelino Mangelo, 45, anos, que trabalhava para o casal, cometeu o crime com a ajuda de seus dois filhos, Rogério Nunes Mangelo, 19, e Alberto Nunes Mangelo, 29. Após o homicídio, o trio fugiu com a caminhonete da vítima, localizada em Corumbá. 

 

Deurico/Capital News

 Presos outros dois integrantes do crime contra o ex-vereador e sua esposa

..

O ex-vereador, 65 anos, e sua mulher, foram mortos a facadas. Fátima fora encontrada seminua e com parte das pernas queimada. Segundo o depoimento de Rogério, seu pai e o irmão, teriam estuprado a vítima e ateado fogo no corpo da vítima para encobrir o estupro. 

 

Uma discussão entre o ex-vereador e Diogo André dos Santos Almeida, 19 anos, sobrinho de Rivelino, teria motivado o crime bárbaro. Diogo acabou morto em troca de tiros com a polícia em Corumbá.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix