Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 27 de Junho de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Domingo, 15 de Maio de 2022, 12h:49
Tamanho do texto A - A+

Abate de frangos cai, mas o de suínos e bovinos sobe no 1º trimestre

Cabeças de bovinos abatidas somam 6,91 milhões

Enoque Trefzger
Capital News

Divulgação

Suínos

Abate de suínos teve alta de 2%

 

Dados preliminares da Estatística da Produção Pecuária, pesquisa divulgada nesta semana, no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). mostra que o abate de frangos caiu 1,8% no primeiro trimestre de 2022 em relação ao mesmo período de 2021. Na direção contrária, o de bovinos subiu 4,7% e o de suínos, 7,2%.

 

 Segundo informações da Agência Brasil,os números constam dos dados preliminares da Estatística da Produção Pecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados completos para o primeiro trimestre de 2022 serão divulgados em 8 de junho.

 

Os dados preliminares indicam, também, que as cabeças de bovinos abatidas no trimestre somam 6,91 milhões. Já as de suínos alcançaram 13,64 milhões e as de frangos, 1,54 bilhão de cabeças.

 

De acordo com o IBGE, se comparado ao último trimestre do ano passado, o abate de frangos cresceu 0,1%. Na mesma comparação, o abate de bovinos avançou percentual semelhante, enquanto o de suínos teve alta de 2%.

 

O total de bovinos abatidos no primeiro trimestre deste ano indica, no resultado preliminar, uma produção de 1,82 milhão de toneladas de carcaças, o que significa elevação de 5,2% em relação ao mesmo período de 2021. Apesar disso, há redução de 4,5% se comparado com o último trimestre do mesmo ano.

 

O peso acumulado das carcaças de suínos chegou a 1,24 milhão de toneladas, representando alta de 6,7% em relação ao primeiro trimestre do ano passado e de 1,8% no quarto trimestre de 2021.

 

Nas carcaças de frango o peso acumulado ficou em 3,76 milhões de toneladas. Na comparação anual, representa avanço de 2,4%, e acréscimo de 1,9% frente ao último trimestre de 2021.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix