Campo Grande Terça-feira, 16 de Abril de 2024


Política Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2023, 14:59 - A | A

Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2023, 14h:59 - A | A

Infraestrutura

Eduardo Riedel volta do DF com quase R$ 1 bilhão para rodovias e Rota Bioceânica

Governador se reuniu com ministro dos Transportes acompanhado da ministra Simone Tebet e da senadora Tereza Cristina

Rogério Vidmantas
Capital News

Marcio Ferreira/Ministério dos Transportes

Eduardo Riedel

Encontro nesta quinta-feira teve participação de secretários de Estado e da ministra Simone Tebet

O governador Eduardo Riedel fecha o giro em Brasília com excelente notícia relacionada às estradas que cortam o Mato Grosso do Sul. O ministro dos Transportes, Renan Filho, garantiu  repasse de R$ 984 milhões para manutenção de estradas federais, estaduais e a concretização da Rota Bioceânica. O investimento federal será usado na infraestrutura logística das estradas, especialmente as BRs 262, 267 e 163, além do acesso à Rota Bioceânica. Desse montante, R$ 425 milhões serão repassados já nos primeiros 100 dias do Governo Federal.

 

Riedel se reuniu com o ministro Renan Filho no fim da tarde desta quinta-feira (9) acompanhado da ministra Simone Tebet, senadora Tereza Cristina (PP) e os secretários Jaime Verruck (Semadesc) e Eduardo Rocha (Casa Civil). “Trouxemos um amplo arco de investimentos de rodovias que vínhamos falando das BRs 262, 267, relicitação da 163, o acesso à Rota Bioceânica. Estamos falando de R$ 984 milhões de investimentos, R$ 93 milhões na alça, que vai agora para fase de licitação agora, para que a gente tenha esse sonho concretizado”, afirmou o governador.

 

“Com a ANTT vamos avançar na discussão das concessões dessas rodovias. É importante atrair capital privado e o Governo Federal se dispôs a colocar esse investimento que garante acesso a ponte, a alça que transforma a Rota Bioceânica, o anel de Três Lagoas que é fundamental para o desenvolvimento de toda a Costa Leste. Dessa maneira, a gente garante a Mato Grosso do Sul, dentro do processo de crescimento, a infraestrutura necessária para empresas que estão se instalando, com aumento de carga e principalmente a segurança das pessoas que transitam nessas rodovias”, afirmou Riedel.

 

O secretário Jaime Verruck destacou a importância do investimento no corredor logístico de integração entre Brasil, Paraguai, Argentina e Chile. "A Rota Bioceânica muda a geopolítica da produção sul-mato-grossense, então essa confirmação da construção da alça de acesso à ponte, já com recursos alocados, é essencial", comenta o titular da Semadesc.

 

Setor energético

Marcio Ferreira/Ministério dos Transportes

EDuardo Riedel Simone Tebet

Governador Eduardo Riedel esteve acompanhado da ministra Simone Tebet

O governador também se reuniu com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. Durante o encontro, Riedel discutiu sobre a política energética para Mato Grosso do Sul, principalmente em relação ao gás natural que, segundo ele, é uma fonte essencial da nossa matriz (energética).

 

“Sabemos da importância do gás especialmente para UFN3, que nós temos a sinalização de buscar um compromisso junto ao governo federal e Petrobras. O gás também será utilizado em outros empreendimentos na área de papel e celulose, assim como outras indústrias do Estado”, disse Eduardo Riedel.

 

Essa reunião teve a participação do senador Nelsinho Trad e dos secretários Jaime Verruck (Semadesc) e Eduardo Rocha (Casa Civil). “Demonstramos a viabilidade econômica do Estado e fizemos o convite para que o ministro conheça nossas iniciativas no setor, para que haja uma parceria proveitosa”, disse o senador.

 

Comente esta notícia


Colunistas LEIA MAIS