Campo Grande 00:00:00 Quinta-feira, 25 de Julho de 2024


Executivo Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 14:59 - A | A

Sexta-feira, 21 de Junho de 2024, 14h:59 - A | A

Agronegócio

Eduardo Riedel abre Interagro 2024 mostrando crescimento e transformação de Mato Grosso do Sul

Desenvolvimento e visão de futuro do Governo são destaques na abertura do evento em Campo Grande

Rogério Vidmantas
Capital News

Álvaro Rezende/Governo do MS

Eduardo Riedel

Governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel

Começou na noite desta quinta-feira (20), no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, a edição 2024 da Interagro, que reúne produtores, pesquisadores, estudantes e empreendedores do agronegócio. Na palestra de abertura, o governador Eduardo Riedel falou sobre os índices de crescimento econômico e de bem estar social cada vez melhores em Mato Grosso do Sul, apresentando números e ações do Governo do Estado.

Dados como o primeiro lugar nacional em crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do agronegócio (32%) em 2023 e o segundo em investimento público (18,16%) foram explicados para o público, sendo esses propulsores de resultados sociais como a redução da taxa de pobreza (MS tem a terceira menor taxa, com 2,8%) e o terceiro melhor capital humano do país.

"Registramos 68% de crescimento da indústria de transformação no Estado. Essas indústrias são importantes para puxar as cadeias produtivas, dar mais competitividade aos nossos produtos. Elas chegando aqui, incentivam a produção primária", destaca Riedel ao falar sobre um dos fatores que fomentaram o incremento de renda em Mato Grosso do Sul.

A prosperidade latente no Estado também passa pelo investimento público ascendente e outros fatores, como consumo familiar, investimento total, gastos governamentais, exportações e importações. "Isso que forma o crescimento de um Estado. Se você olhar os nossos números, entende muito bem porque Mato Grosso do Sul cresceu 6,6% em 2023, o terceiro maior crescimento do país, tendo também a terceira melhor renda media, e já temos previsão de crescer neste ano 5,82%, já contabilizando a quebra da safra. Isso acontece graças a uma diversificação advinda, por exemplo, da industrialização que estamos passando", frisa Eduardo Riedel.

Álvaro Rezende/Governo do MS

Eduardo Riedel

Riedel mostrou dados que explicam o crescimento do Estado

Citricultura em alta e posicionamento global

Várias culturas sul-mato-grossense foram ressaltadas pelo governador durante a palestra, contudo a recém instalada citricultura foi uma das que mais chamou a atenção pela atuação forte do Estado para consolidar a produção em Mato Grosso do Sul.

A tolerância zero com o greening, doença que afeta frutas cítricas e assim prejudica a produção, é uma dessas ações. "Se queremos que aqui tenha atividade de citricultura, qualquer árvore que apresente a doença será eliminada. As culturas multiplicadoras da doença, como a murta, também devem ser eliminadas. É uma medida rigorosa, mas que nos garante investimentos privados substanciais de R$ 3 bilhões, gerando 12 mil empregos", conta o governador.

Já próximo do encerramento da palestra, Riedel falou sobre a visão de futuro de Mato Grosso do Sul e a inserção do Estado em um posicionamento estratégico exigido pela agenda global de investidores atualmente. "Quem é investidor global está de olho nisso, nesse posicionamento perante segurança alimentar, transição energética, sustentabilidade e inclusão social".

Eduardo Riedel ainda completa que, para se desenvolver dentro dessa agenda é necessário buscar a prosperidade a partir das ações elencadas anteriormente, tendo o crescimento de renda geral como a principal mola propulsora disso. "O Brasil precisa se posicionar quanto a isso, e é exatamente isso o que estamos fazendo em Mato Grosso do Sul", conclui.

Álvaro Rezende/Governo do MS

Eduardo Riedel

Governador fez a palestra de abertura da Interagro 2024

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS