Campo Grande Segunda-feira, 20 de Maio de 2024



Meio Ambiente Terça-feira, 25 de Novembro de 2008, 15:07 - A | A

Terça-feira, 25 de Novembro de 2008, 15h:07 - A | A

Brasil precisa aumentar de 7% para 27% a cobertura florestal, diz Minc

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

O ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, defendeu no 5º Encontro Cultivando Água Boa, em Foz do Iguaçu, que o Brasil deve aumentar dos atuais 7% para 27% a cobertura de mata atlântica, por meio do reflorestamento e com a recuperação das áreas degradadas. O ministro citou como exemplo bem sucedido o que fez a Itaipu Binacional, que recuperou as matas ciliares da Bacia do Paraná 3.

O ministro, que também participou do Fórum de Águas das Américas – os dois eventos prosseguem até hoje no Rafain Palace Hotel -, disse que é preciso combater o extrativismo predatório. O teólogo Leonardo Boff defendeu o consumismo sustentável para preservar o planeta. “Em 1961 a humanidade usava só metade dos recursos do mundo; em 2050, prosseguindo nesse ritmo, precisaríamos de um segundo planeta”, alertou Boff.

O engenheiro e pesquisador científico Luiz Gylvan de Meira Filho disse que a relação entre consumo e aquecimento global é cada vez mais evidente. Segundo ele, o aumento do consumo de energia no mundo, principalmente na China, aumenta também a queima de carvão em usinas termelétricas, o que agrava os efeitos da poluição e do efeito estufa. Por isso, o pesquisador recomendou a energia renovável como umdos remédios para combater o uso exagerado dos recursos do planeta.

O diretor de Coordenação e Meio Ambiente de Itaipu, Nelton Friedrich, afirmou que boa parte dos problemas ambientais são provocados pelo consumismo exagerado, “que impele você a comprar o que não precisa, com o dinheiro que você não tem”.

(Fonte: H2FOZ)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS