Campo Grande Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Interior Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008, 08:33 - A | A

Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008, 08h:33 - A | A

Governo e Sanesul assinam ordens de serviço de R$ 47 mi para Corumbá

Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

O governador André Puccinelli e o diretor-presidente da Sanesul, José Carlos Barbosa, assinaram nesta terça, 25, ordens de serviço para obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Corumbá (415 km da capital) no valor de R$ 47,1 milhões. Os recursos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e contemplam as etapas do segundo ao décimo lote. Em um dos lotes, está prevista a construção de uma estação de tratamento de esgoto (ETE) e emissário final no bairro Maria Leite, no valor de R$ 3,75 milhões.

As ordens de serviço autorizam, ainda, a ampliação da rede coletora de esgoto de Corumbá em mais 235,2 quilômetros e a implantação de mais de 14 mil ligações domiciliares. Somadas à primeira etapa do PAC – já em andamento no município, com 9.786 metros de rede coletora, 609 ligações domiciliares e ampliação da capacidade de tratamento da ETE Olaria –, as obras têm investimento de mais de R$ 52 milhões e irão beneficiar toda a população corumbaense, garantindo o tratamento dos efluentes e preservando o meio ambiente.

Os bairros atendidos serão Generoso, Dom Bosco, Artur Marinho, Cervejaria, Universitário, Centro, América, Previsul, Cristo Redentor, Guarani, Nova Corumbá, Guatós, Nossa Senhora de Fátima, Popular Nova, Jardim dos Estados, Aeroporto e regiões próximas, abrangendo todo o município. Durante a cerimônia de assinatura, José Carlos enfatizou a união entre todas as esferas do poder no Estado em favor do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. “Isso não é obra do acaso, e sim esforço dos vereadores de Corumbá, do prefeito Ruiter Cunha, do senador Delcídio e de um governo que faz a diferença. Um governo que entende que investimento em saneamento é investimento em saúde”.

O presidente elogiou o corpo técnico da empresa, que conseguiu viabilizar os recursos do PAC para Corumbá. “É também obra da Sanesul, de uma equipe competente, que se esforçou para se fazer parceira dos municípios”. Para o prefeito de Corumbá, a administração estadual está acima de problemas conjunturais. “Quando este governo assume o compromisso de investir no Estado, significa que a crise não atingiu Mato Grosso do Sul”.

O governador André Puccinelli afirmou que o PAC “anda bem” e que as obras de Corumbá, com recursos do programa federal, vão resolver os problemas de água e de esgoto no município. Por isso, a escolha de se autorizar os nove lotes de uma só vez. “A Sanesul e o Governo estão contratando nove empresas para fazer as obras porque ficou decidido que, desta forma, terminaria em tempo abreviado”.

O evento ocorreu no Sindicato Rural de Corumbá, na avenida General Rondon, entre as ruas Frei Mariano e 15 de novembro, às 9 horas, e contou com a presença do secretário de estado de justiça e segurança pública, Wantuir Jacini, do deputado estadual Paulo Duarte e da diretora da Fundação de Turismo de MS, Nilde Brum. Da Sanesul, estiveram presentes o diretor-técnico Victor Dib Yazbek Filho e o gerente regional Januário Ximenes Neto.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS