Campo Grande Segunda-feira, 24 de Junho de 2024




Interior Quinta-feira, 09 de Junho de 2016, 17:33 - A | A

Quinta-feira, 09 de Junho de 2016, 17h:33 - A | A

Nova Andradina

Homem tem prisão decretada após acidente de trânsito que terminou na morte de duas mulheres

O ocorrido aconteceu em novembro de 2015, quando o réu colidiu sua sua caminhonete com uma motocicleta

Patrick Alif
Especial para o Capital News

O juiz da Vara Criminal da Comarca de Nova Andradina, José Henrique Kaster Franco, decretou nesta quinta-feira (9) a prisão preventiva de um homem, denunciado pelo homicídio qualificado de duas mulheres no trânsito. Além da decretação da prisão, o juiz recebeu também a denúncia contra ele, pela prática de homicídio doloso no trânsito.

Consta nos autos que no dia 1º de novembro de 2015, por volta das 20h50, em rodovia em frente à Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Nova Andradina, o homem que conduzia uma caminhonete teria colidido frontalmente com a motocicleta em que trafegavam duas mulheres, causando a morte de ambas.

De acordo com a denúncia, o réu fez uso de bebida alcoólica e tomou a direção de seu veículo . Em determinado momento, passou a trafegar na contramão, em velocidade superior a permitida. Após o acidente, ele deixou o local sem prestar socorro às vítimas.

O Ministério Público ofereceu denúncia contra o acusado com pedido de prisão preventiva. Ao analisar o pedido, o magistrado observou que o laudo pericial indica o emprego de alta velocidade, além do que o próprio denunciado teria admitido a ingestão de bebida alcoólica depois do ocorrido. Esses fatos, somado à morte das vítimas, aponta o juiz, demonstra a existência de elementos probatórios suficientes quanto a autoria do crime.

Sobre a prática de homicídio doloso no trânsito, frisou o magistrado, “os tribunais já admitiram como dolosas condutas de motoristas que se mostraram indiferentes ao risco de dirigir depois de ingestão de bebida alcoólica”.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS