Campo Grande Sábado, 18 de Maio de 2024



Economia Quarta-feira, 05 de Novembro de 2008, 16:55 - A | A

Quarta-feira, 05 de Novembro de 2008, 16h:55 - A | A

MS passa a contar com financiamentos do BRDE

Da redação (LM)

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems) assinaram hoje (05) pela manhã um convênio que institui a operacionalização do BRDE no Estado.

Inicialmente, dois clientes já abriram suas contas, a empresa Sicredi e o produtor rural Irineu da Costa Rodrigues. O BRDE é uma instituição financeira pública que faz parte do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) e visa fomentar a atividade industrial, comercial, de serviços e agrícola, destinando crédito, a longos prazos e baixos juros, para micro, pequenos e médios empresários e produtores. Os parcelamentos podem chegar até 96 meses.

Para o governador André Puccinelli, a chegada do BRDE é um incentivo ao desenvolvimento do Estado. “O BRDE poderá proporcionar o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, aumentando a produtividade e incentivando novos investimento” afirmou André. O governador também destacou a parceria entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário para a implantação do BRDE no Estado.

 

O diretor-administrativo do BRDE, Airton Pissetti, elogiou a dedicação de André Puccinelli para trazer o banco ao Estado e reforçou a importância da instituição para o crescimento dos produtores e empresários. “Num momento de carência de crédito, devido a crise econômica mundial, viemos oferecer o apoio ao desenvolvimento do Estado com recursos públicos” disse Airton.

 

O BRDE tem linhas de crédito específicas para cooperativas, para que aumentem a produtividade e se consolidem cada vez mais. O banco oferece financiamento voltado para agricultura familiar com recursos provenientes do governo federal. Há ainda crédito para os municípios que querem modernizar a administração tributária, por meio de sistemas de informação com acompanhamento, controle e gerenciamento da execução dos gastos.

 

O BRDE funcionará na sede da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems). Além do chefe do executivo, estiveram presentes na cerimônia o vice- governador Murilo Zautih, o vice-presidente do BRDE, José Moraes Neto, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o deputado estadual Maurício Picarelli, o presidente da Câmara dos Vereadores de Campo Grande, Edil Albuquerque, a secretária de Estado de Produção, Tereza Cristina Correa da Costa, empresários e produtores rurais. (Notícias MS)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS