Campo Grande Quarta-feira, 22 de Maio de 2024



Economia Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008, 08:15 - A | A

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008, 08h:15 - A | A

Apesar de défiit, exportações seguem em bom ritmo no Estado

Lucia Morel - Capital News

De janeiro a outubro de 2008 a balança comercial de Mato Grosso do Sul – que conta a diferença entre o volume exportado e o importado pelo Estado - apresenta déficit de US$ 1,13 bilhão. No entanto, segundo dados levantados pelo Radar Industrial da Federação das Indústrias de MS (Fiems), com base em números do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), se o Estado refizer as contas e separar o volume gasto com as compras do gás natural da Bolívia, esse déficit desaparece e o Estado passa a apresentar um superávit de US$ 1 bilhão na balança comercial.

No ano, as exportações somam US$ 193,1 milhões, o que representa um aumento de 43,8% em relação a outubro de 2007, mas uma queda de 15,6% se comparado com as exportações realizadas em setembro no Estado.

Os materiais mais exportados em outubro foram o minérios de ferro, que vendeu cerca de US$ 43,5 milhões, em seguida aparecem carnes desossadas de bovino, congeladas com US$ 40,3 milhões m vendas e pedaços e miudezas de galos e galinhas que venderam cerca de US$ 17,0 milhões, totalizando US$ 100,7 milhões ou 52,1% de tudo o que foi obtido com as vendas externas.

Somente o setor industrial acumulou venda 114,9% maior que em relação a outubro de 2007 e no ano já soma-se US$ 362,6 milhões exportados, contra US$ 264,5 milhões nos dez primeiros meses de 2007.

Conforme a Fiems, dos dez meses primeiros meses deste ano, em oito o volume das vendas externas das indústrias de Mato Grosso do Sul superou o resultado obtido em igual mês do ano anterior. Adicionalmente, tal comportamento se repete há cinco meses consecutivos. O forte desempenho apresentado pelas indústrias fez com que o valor alcançado com as vendas externas de janeiro a outubro de 2008 superasse em 21% o volume obtido pelo setor em todo o ano de 2007. Em valores, foram US$ 362,6 milhões contra US$ 300,6 milhões.

Importações

Ainda segundo Radar, no mês de outubro, as importações de Mato Grosso do Sul totalizaram US$ 326,9 milhões, indicando uma variação nominal de 48,2% sobre o mesmo mês do ano anterior. Em relação a setembro houve uma redução de 9,15%.

Os produtos de maior destaque no mês foram Gás natural (US$ 238,2 milhões), Catodos de cobre (US$ 15,7 milhões) e Outros Cloretos de Potássio (US$ 9,7 milhões), totalizando US$ 263,7 milhões ou 80,7% de tudo o que foi despendido com as compras externas.

 

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS