Campo Grande Quarta-feira, 22 de Maio de 2024



Cotidiano Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008, 10:13 - A | A

Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008, 10h:13 - A | A

Mãe e filha se reencontram após 12 anos

Jefferson Gonçalves - Redação Capital News (www.capitalnews.com.br)

Mãe e filha tiveram um caloroso reencontro, promovido pela Delegacia Especializada de Homicídios (DEH) na tarde de ontem, após 12 anos sem se verem. Há cerca de 10 dias, Stefani Lopes dos Santos Taddashy, 15 anos, tinha entrado em contato com a polícia civil, à procura da sua mãe, que não via desde os três anos de idade. Após checagens no banco de informações da polícia, foi possível localizar Vanda Lopes Santos Taddashy, 34 anos, no município de Itaquiraí, há 390 quilômetros de Campo Grande. Imediatamente a DEH entrou em contato com a Delegacia de Itaquiraí, que entrou em contato com Vanda.

Já em Campo Grande, Vande se emocionou muito ao reencontrar a sua filha após 12 longos anos. Vanda informou que aos 22 anos, quando Stephani tinha três anos, teve que deixá-la aos cuidados de conhecidos, pois não tinha condições de criá-la, se mudando para cidade de Itaquiraí. Lá, acabou casando e tendo dois filhos, o tentar reencontrar a filha, foi informada que a família, com a qual havia deixado a sua família, tinha se mudado, e vizinhos ainda disseram que teriam ido para outra cidade, perdendo assim completamete qualquer esperança de reencontro.

Porém, após 12 anos e incentivada pelo seu companheiro, Stefani resolveu procurar a mãe, conseguindo encontrá-la com a ajuda da Polícia Civil. De acordo com dados da Polícia Civil, o caso de Vanda é apenas um dos 950 casos de desaparecimento em 2008 em Mato Grosso do Sul. Em Campo Grande atualmente são 413 casos, sendo 266 sob investigação da DEH, onde somente 60 ainda não foram solucionados

 

 

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS