Campo Grande/MS, Sexta-Feira, 07 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 12h:11
Tamanho do texto A - A+

Governador de Mato Grosso do Sul decreta luto de três dias pela morte do coronel Adib Massad

Após chefiar o Estado Maior da PM em 1987, ganhou notoriedade nacional ao comandar o Grupo de Operações Especiais e o Grupo de Operações de Fronteira

Elaine Silva
Capital News

Wagner Guimarães

Parlamentares entregam Medalha Coronel Adib

Coronel Adib

Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), decretou luto oficial de três dias no Estado pelo falecimento do coronel Adib Massad, que morreu na tarde desta quarta-feira (03), em Campo Grande. Decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (04).

Chico Ribeiro

Azambuja

Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) decreta luto por morte de Coronel Adib


Azambuja lamentou a morte do coronel que iniciou sua carreira como oficial da Polícia Militar em 1953 e assumiu o cargo de Delegado em diversos municípios do Estado, ainda na época do Mato Grosso uno. “Lamento o falecimento do coronel da reserva Adib Massad, aos 91 anos. Exemplo de militar e cidadão, desempenhou com coragem e determinação a sua função durante seus mais de 30 anos de carreira. Ele teve uma atuação importante no combate à criminalidade na região da fronteira, no período em que comandou o GOF (Grupo de Operações de Fronteira), hoje DOF”.

História
Conforme a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp/MS) o Coronel delegado regional em Dourados e delegado de Roubos e Furtos em Cuiabá. Em 1966, comandou o 1º Batalhão da Polícia Militar de Campo Grande e, em 1975, a 4ª Companhia da Polícia Militar em Ponta Porã. Foi titular da delegacia especializada na área de tóxicos, entorpecentes e crimes contra o patrimônio, entre 1979/1980.

Depois de chefiar o Estado Maior da PM com a patente de coronel, em 1987, ganhou notoriedade nacional ao comandar o GOE (Grupo de Operações Especiais) e o GOF (Grupo de Operações de Fronteira, entre 1988/1995.

Integrado por policiais militares e civis, O GOF ficou conhecido como a “Águia da Fronteira”. Em 1993, a sociedade organizada e Dourados, em homenagem ao Coronel Dib e seus comandados, espalhou outdoors pela cidade com os seguintes dizeres: “nas garras desta águia repousa a tranquilidade”.

Ao deixar a corporação, Adib Massad foi eleito vereador no município com uma votação histórica, em 1996, um reconhecimento público ao trabalho que desempenhou no combate ao narcotráfico, descaminho e roubos de veículos, que era frequente na época.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix