Campo Grande Sexta-feira, 24 de Maio de 2024


Cotidiano Quarta-feira, 03 de Dezembro de 2008, 07:06 - A | A

Quarta-feira, 03 de Dezembro de 2008, 07h:06 - A | A

Defesa Civil do Estado já arrecadou mais de 100 toneladas de donativos

Da Redação (JG)

Balanço realizado no fim da tarde de hoje demonstra que a Defesa Civil do Estado arrecadou, até o momento, 110 toneladas de donativos entre gêneros alimentícios, água, material de limpeza e roupas. Além disso, foram arrecadados colchões, camas (beliche) e brinquedos, todos destinados aos desabrigados de Santa Catarina.

Desse total, 16 toneladas já foram encaminhados àquele Estado, em duas remessas. A primeira em avião da FAB que, no sábado, levou 6 toneladas de alimentos e materiais de limpeza e outra, com 0 toneladas de materiais arrecadados em dourados, transportadas por via terrestre pela Policia Rodoviária Federal.

De acordo com o major Hudson, ainda se encontram no depósito da Defesa Civil, 12 toneladas de alimentos, 21 de água e 51 de agasalhos e roupas, incluindo guarnições de cama. O oficial dos bombeiros declarou ainda, que a empresa aérea TAM de dispôs a levar uma tonelada de donativos por vôo que se destina àquele Estado e a empresa PortoPlast deverá transportar, por terra, mais cinco toneladas.

Segundo Hudson, as Associações de Produtores de Aparecida do Tabuado e Chapadão do Sul doaram 0 mil quilos de feijão, a Associação Nipo Brasileira doou 2 mil litros de água e a Sanesul, seis mil. Os gêneros alimentícios, a água e o material de limpeza, por serem mais urgentes, têm prioridade no transporte aéreo.Entre o material recolhido estão 23 colchões de casal, 87 de solteiro e 45 beliches.

As roupas femininas para adultos somam 6.792 quilos, as masculinas 7 mil quilos e as infantis 5 mil. Estão armazenados 9 mil quilos de agasalhos (incluindo lençóis edredons, e toalhas) , 4.500 de sapatos, 3.500 de cobertores e 500 quilos de brinquedos. Agradecendo a participação de voluntários, Hudson afirmou que, só no dia de ontem, 118 voluntários passaram o dia inteiro trabalhando. “A solidariedade em dividir o trabalho tem ajudado sensivelmente as ações da Defesa Civil”.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS