Campo Grande Quinta-feira, 23 de Maio de 2024


Cotidiano Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008, 10:12 - A | A

Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008, 10h:12 - A | A

Aula sobre mobilidade para deficientes visuais será realizada hoje no Shopping

Da Redação (JG)

Acontece hoje (27) a aula prática no Shopping Campo Grande do curso “Orientação e Mobilidade”, voltado para professores que atuam com alunos deficientes visuais ou com baixa visão. A experiência começa no embarque em um ônibus coletivo e um passeio, às escuras, pelo Shopping Campo Grande.

O curso acontece no Centro de Atendimento Pedagógico ao Deficiente Visual (CAP-DV) desde o dia 19 e é ministrado pela professora Vera Lúcia Leme Rhein Felippe, contando com a participação de diversas entidades da capital, além de representantes de Sidrolândia, Iguatemi e Rio Negro.

O curso aborda diversas técnicas para serem repassadas aos deficientes visuais, de modo que eles possam movimentar-se de maneira independente e segura. Para isso, os professores aprendem como utilizar bengala longa, técnicas de auto-proteção e auxílio de aparelhos eletrônicos que ajudam na mobilidade.

“Os participantes tiveram a primeira experiência na abertura do curso, ao vivenciar como é andar de olhos vendados, em alusão ao que o deficiente visual enfrenta todos os dias. Essa experiência serve para fortalecer a segurança no momento de ensinar aos alunos como se movimentar tranquilamente”, explica Vera.

Segundo a professora, subir e descer escadas, atravessar ruas e avenidas, e utilizar elevadores, escadas rolantes e portas giratórias são algumas das principais dificuldades cotidianas de um cego. Como nem todos têm a possibilidade de receber instrução sobre como utilizar esses recursos sem dificuldade, Vera aponta uma saída.

“Já existem no mercado tecnologias que aliam o serviço com sinais sonoros de aviso, como em semáforos, elevadores e portas giratórias. Além disso, a utilização de pisos adaptados em escadas fixas e rolantes, esteiras, auxiliaria para que o deficiente visual transitasse com segurança”, afirma a professora, que atua há 36 anos com deficientes visuais, e já trabalhou no Instituto Dorina Nowill, Instituto dos Cegos Padre Chico e Laramara, todos centros de referência para os cegos.

A sede do CAP-DV fica na Rua da Paz, 214, Jardim dos Estados, no prédio da Escola Estadual Lúcia Martins Coelho. Mais informações pelo telefone (67) 3314-1207.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS