Campo Grande/MS, Sábado, 18 de Setembro de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Sexta-Feira, 14 de Maio de 2010, 11h:32
Tamanho do texto A - A+

Mãe que se acorrentou a igreja diz ter sido denunciada ao Conselho Tutelar

Marcelo Eduardo - Capital News

S. F. M., 41 anos, a mãe que se acorrentou ao portão da igreja Universal do Reino de Deus da Avenida Mato Grosso nessa quinta-feira (13) afirma que foi denunciada ao Conselho Tutelar.

Ela protestava para que o filho mude de atitudes perante a família, que mudaram, segundo ela, quando ele entrou para a instituição, há 2,5 anos.

“Acordei e recebi um telefonema para comparecer aqui [diz S., afirmando que estava no Conselho Tutelar]. A conselheira está dizendo que eu estava ameaçando meu filho na frente de vocês [imprensa]”, conta ao Capital News, via telefonema.

S. diz que não quer que o filho saia da igreja. Ela chegou a dizer ontem que sente orgulho dele. O que ela acredita é que o filho é “enganado” pela Universal. “O problema, não é ele ir para a igreja. È o que a igreja está fazendo com ele.”

Ela dizia ontem que tenta convencer o filho de 17 anos a abandonar o "fanatismo".

Nossa equipe tenta entrar em contato com o Conselho Tutelar de Campo Grande, mas, os telefonemas ainda não foram atendidos. O Capital News acomapnha o caso.


Por: Marcelo Eduardo – (www.capitalnews.com.br)

 

 Veja também:

 Imagem do Dia - 13/05/2010 - 16:53
  Mãe afirma que filho é enganado por igreja e se acorrenta em sede da instituição para tirá-lo de lá

 13/05/2010 - 16:08
  Mãe se acorrenta a pilar de igreja em Campo Grande e diz que filho está sendo enganado pela instituição

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Trinix