Campo Grande/MS, Segunda-Feira, 19 de Abril de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Colunistas
Terça-Feira, 02 de Fevereiro de 2021, 11h:56
Tamanho do texto A - A+
Colunistas

Sensibilidade nos dentes: saiba como cuidar

Por Pérola Cattini

Da coluna Bem-Estar
Artigo de responsabilidade do autor

Conheça alimentos que podem diminuir ou aumentar esse incômodo

Divulgação

ColunaBem-Estar

Cerca de 30% da população sofre com os incômodos causados pela sensibilidade nos dentes. Ela atinge principalmente quem tem entre 20 e 50 anos, e, apesar de ser bastante comum e tratável, muita gente ainda não entende sobre. Para alguns casos, por exemplo, apenas deixar de comer certos tipos de alimento já é suficiente para não voltar a sentir dor.

Isso é possível por conta da forma que a sensibilidade é causada. Os dentes são compostos internamente pela polpa, seguido da dentina, e externamente pelo esmalte. Quando a dentina fica exposta, ela passa a sentir os estímulos externos, que são as bebidas e os alimentos. A partir desse contato, os nervos do núcleo do dente são ativados, o que desencadeia a dor.

O esmalte do dente, por ser a parte externa, está mais exposto e suscetível aos danos. O consumo elevado de ácido, ou até mesmo o ácido que o nosso próprio corpo produz, é o responsável por desgastar o esmalte e causar a erosão dentária. Por isso, não é tão difícil assim que essa camada acabe se tornando tão fina a ponto de romper e expor a dentina.

A erosão dentária pode ser provocada por alguns fatores. Em primeiro lugar estão os traumas promovidos por escovação agressiva ou excessiva. Em segundo está o refluxo gástrico, que expõe os dentes aos ácidos do estômago. Em terceiro está a ingestão de alimentos ácidos.

Outro fator que pode colaborar muito com a sensibilidade nos dentes é o acúmulo da placa bacteriana, que aumenta a acidez da boca. Ela é responsável também pela retração gengival, outra forma de expor a dentina. A placa bacteriana é obtida pela falta de higiene bucal ou pelo consumo de doces.

Alimentos como cerveja, maçã, tomate, catchup, refrigerante, vinagre, café e limão estão entre os que possuem um alto teor de acidez e devem ser evitados. Mas, em compensação, vegetais crus, queijos e doces diet podem ser consumidos sem medo – especialmente, os queijos, pois eles possuem uma gordura que cria uma “capa” que torna mais difícil a fixação da placa bacteriana.

Caso o incômodo não acabe mesmo consumindo ou evitando certos alimentos, ainda é possível tratar a sensibilidade utilizando cremes dentais específicos. O importante é não deixar de tratar. Procure um profissional formado em uma faculdade de odontologia para avaliar o seu quadro, pois a falta de cuidados pode gerar problemas mais graves como a gengivite e a periodontite.

 

 



 


 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix