Campo Grande Sexta-feira, 24 de Maio de 2024


Saúde Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008, 14:35 - A | A

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008, 14h:35 - A | A

Capital poderá ter Centro de Oncologia nível II

Da redação (LM)

Ontem, dia 27, Dia Nacional de Combate ao Câncer, o deputado federal Antônio Carlos Biffi comunicou que, em parceria com o senador Delcídio Amaral, ambos do PT de MS, está articulando a construção de um Centro de Alta Complexidade em Oncologia nível II (CACON II) em Campo Grande/MS.

De acordo com o deputado, o objetivo da ação é facilitar a vida dos pacientes sul-mato-grossenses, já que em toda a região Centro-Oeste do país existe somente um Centro de Alta Complexidade em Oncologia de nível II, localizado na cidade de Goiânia/GO, o que torna o controle do câncer oneroso e fisicamente desgastante à nossa população, além de todas as complicações resultantes da doença.

Biffi destacou que o primeiro passo para a concretização da obra foi dado no ano passado, quando inseriu a proposta ao Plano Plurianual (PPA-2008/2011) e que, agora, o segundo passo foi a solicitação orçamentária, no valor de R$ 45 milhões, encaminhada pelos parlamentares, na tarde de ontem, à ministra Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Dilma Rousseff.

“Há mais de um ano eu e o senador Delcídio estamos trabalhando de todas as formas para concretizar o hospital em Campo Grande. Não posso adiantar quando o recurso total será autorizado, mas afirmo que essa é uma das principais metas dentro do nosso mandato e, em breve, comemoraremos o lançamento da pedra fundamental da obra”, observou Biffi.

O parlamentar explicou ainda que parte dos recursos, cerca de R$ 10 milhões, poderá ser antecipado ainda este ano, o que dará início a construção dos ambulatórios de quimioterapia para adultos e crianças. (Assessoria)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS