Campo Grande Segunda-feira, 27 de Maio de 2024


Rural Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008, 07:14 - A | A

Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008, 07h:14 - A | A

Vacinação na Zona de Alta Vigilância termina amanhã

Da Redação (JG)

Termina neste sábado (20) a segunda etapa de vacinação contra a febre aftosa na Zona de Alta Vigilância (ZAV), compreendida nas fronteiras com a Bolívia e Paraguai. A vacinação na ZAV teve início em 20 de novembro.

Ao todo, serão vacinados 700 mil animais, nos municípios de Caracol, Aral Moreira, Coronel Sapucaia, Porto Murtinho, Paranhos, Sete Quedas, Japorã, Mundo Novo, Bela Vista, Antônio João, Corumbá e Ponta Porã. A aplicação das doses da vacina na ZAV foi realizada pelos técnicos da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro).

Também neste sábado (20) encerra o prazo para os pecuaristas do Pantanal informarem à Iagro os dados da vacinação, que encerrou no último dia 5. No Pantanal, foram vendidas 772 mil doses da vacina, 22 mil além do previsto por conta da época de nascimentos no rebanho. E na região do Planalto, a vacinação foi de 20 de outubro a 20 de novembro, com 17.927 doses aplicadas.

Registro

O registro da vacinação é feito por meio do sistema Saniagro. Por ser informatizado e disponível via Internet, o ato de registrar o rebanho informado não se restringe aos escritórios da Iagro no interior do Estado.

Ao adquirir as doses da vacina nas revendas, o produtor recebe a guia ST-13, para informar os dados do rebanho, como espécie, quantidade e sexo. O produtor que não vacina e também os que não informam são considerados ausentes.

Com isso, o pecuarista pode receber multa, que tem valor variável, e sua propriedade pode ser interditada para medidas sanitárias, como, por exemplo, ter a participação de um fiscal da Iagro nas próximas campanhas de vacinação.

Mais informações sobre como efetuar o registro do rebanho pelo telefone 0800 647 6713.

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS