Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quinta-Feira, 18 de Novembro de 2021, 09h:21
Tamanho do texto A - A+

Tereza negocia fertilizantes, venda da UFN-3 e exportação de carne

Ministra segue agenda de reuniões com autoridades e empresários russos

Silvio Ferreira
Capital News

Divulgação/MAPA

Tereza negocia fertilizantes, venda da UFN-3 e exportação de carne

Tereza Cristina se reuniu com Maksim Reshetnikov, ministro do Desenvolvimento Econômico da Rússia

Em vídeo postado nas redes sociais nesta quarta-feira (17), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, apresentou um balanço positivo da viagem que faz à Rússia.

 

Fertilizantes

“Estive com representantes do governo e de empresas do setor de fertilizantes. Recebemos a garantia da continuidade da exportação de fertilizantes ao Brasil. O produto é essencial para a produção agropecuária que enfrenta restrições na oferta mundial.” [...]

 

A ministra recebeu do ministro do Desenvolvimento Econômico da Rússia, Maxim Reshetnikov, a garantia da manutenção do fornecimento ao Brasil de fertilizantes de potássio e fosfato e, se possível, aumento de exportações para a próxima safra.

 

Aquisição da UFN-3 de Três Lagoas 

A ministra recebeu do vice-presidente da empresa russa Acron - produtora global de fertilizantes minerais complexos - Vladimir Kantor, a garantia de aumento de ao menos 10% das exportações de fertilizantes para o Brasil. Durante a reunião, também foi discutido o interesse da Acron na aquisição dos ativos da Petrobras da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-3), em Três Lagoas (MS). 

 

Tereza Cristina reuniu-se ainda com outros empresários do setor de fertilizantes. Do CEO da PhosAgro, Andrei Guryev, ouviu a promessa de que o Brasil pode contar com a parceria da empresa russa para garantir o fornecimento de fertilizantes. Do CEO da EuroChem, Andrei Guryev, ouviu os planos de investimentos da empresa para aumentar a produção do insumo no Brasil.

 

Habilitação de frigoríficos brasileiros e cotas de exportação com isenção 

A ministra ainda Reunião com Sergey Dankvert, Autoridade Sanitária da Rússia,que garantiu visita de inspeção ao Brasil, ainda no 1º trimestre/2022, para viabilizar a habilitação de novas plantas brasileiras para exportação. 

 

O governo Russo anunciou que abrirá uma cota de 300 mil toneladas de carne (200 mil toneladas de carne bovina e 100 mil toneladas de carne suína) com tarifa zero de importação por seis meses, que pode ser utilizado pelo Brasil. A tarifa de importação hoje, até 530 mil toneladas, é de 15%.

Divulgação

MS poderá receber investimento bilionário após queda de liminar

Unidade de Fertilizantes (UFN-3) da Petrobras em Três Lagoas, volta a ser negociada com Grupo Russo Acron, informa Ministra Tereza Cristina

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix