Campo Grande/MS, Domingo, 26 de Janeiro de 2020 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2015, 08h:40
Tamanho do texto A - A+

Criadores do Mato Grosso do Sul querem produzir a melhor carne do Brasil

Nossa carne bovina é reconhecida com o título de Capital do Bezerro de Corte

Da Redação
Capital News

Divulgação

Saiba quais as vantagens da criação de bovinos em sistema de confinamento

Carne bovina produzida em Mato Grosso do Sul tem altos índices de qualidade

Baseando-se nos altos índices de qualidade da carne bovina produzida em Mato Grosso do Sul, com média acima da nacional, e no título de Capital do Bezerro de Corte de Qualidade, da cidade de Camapuã, o prefeito de Figueirão (MS), Rogério Rosalin, desafiou os criadores do Norte do Estado a produzirem a Cota Hilton, cortes especiais da proteína com valores especiais no mercado de externo. O desafio foi lançado durante a apresentação do Pacto Sinal Verde, projeto do Governo de MS, detalhado aos pecuaristas neste último sábado (17), em Figueirão.

"Mato Grosso do Sul está acima da média brasileira, quanto à qualidade da carne produzida. Figueirão, por exemplo, está entre os líderes, com 10 pontos percentuais da sua produção acima da média nacional no Farol Verde, que é de 13%", afirmou Rosalin, referindo-se ao farol da qualidade utilizado pelo JBS, como ferramenta que classifica a qualidade da carne de acordo com as cores do semáforo, sendo verde para padrão desejável, amarelo para tolerável, e vermelho, indesejável.

"O campeonato mundial de volume já ganhamos, agora precisamos avançar quanto a qualidade", declarou Eduardo Pedroso, do setor de originação do JBS. "Estamos às vésperas da abertura do mercado americano e precisamos apresentar qualidade, a ponto de fidelizarmos esta porta de saída e expandirmos o comércio para novos apreciadores da carne brasileira", completou Pedroso, referindo-se ao Pacto Sinal Verde como o caminho para se alcançar o resultado de excelência para o consumidor, indústria e pecuaristas.

Duas propriedades de Figueirão foram citadas no evento como precursoras quanto a qualidade na produção da carne bovina. Uma do Grupo Ventura SA, devido as elevadas taxas de farol verde nos últimos abates e, Fazenda 3R. "Além do manejo e genética, a 3R é exemplo em marketing rural, ferramenta fundamental para valorização da carne sul-mato-grossense", pontuou o deputado estadual, Beto Pereira, que no evento representou o governador de MS, Reinaldo Azambuja.

O deputado estadual, Júnior Mochi; o secretário adjunto da Sepaf, Jeronimo Alves Chaves;   presidente da Fundação de Turismo de MS, Nelson Cintra; e o secretário da Casa Civil, Sérgio de Paula, e outras autoridades locais, também participaram da apresentação do Pacto Sinal Verde aos pecuaristas do Norte do Estado.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix