Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Rural
Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2021, 17h:27
Tamanho do texto A - A+

Brasil registra recorde no abate de frangos e suínos

Dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística

Lethycia Anjos
Capital News

Divulgação/Famasul

Preço médio do frango valoriza significativamente em Mato Grosso do Sul

Avicultura em MS

Dados divulgados nesta quarta-feira (8), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o Brasil bateu recordes no número de abates de frangos e de suínos no terceiro trimestre de 2021, ao todo foram registrados 13,72 milhões de suínos abatidos e 1,54 bilhão de frangos no país no período, os maiores patamares desde o início da pesquisa, em 1997.

 

Conforme o relatório, o número de abates de suínos foi 4,5% maior do que o registrado no trimestre anterior e 7,8% em comparação com o terceiro trimestre de 2020. Enquanto o número de frangos abatidos foi 0,7% superior ao segundo trimestre deste ano e 1,2% maior do que o terceiro trimestre do ano passado.

 

Apesar dos bons resultados, o abate de bovinos registrou o menor patamar para um terceiro trimestre desde 2004, contabilizando 6,94 milhões de cabeças. Conforme a Agência Brasil, esses números correspondem a uma perda de 2% em comparação ao segundo trimestre de 2021, e de 10,7% na comparação com o terceiro trimestre de 2020.

 

Ainda no terceiro trimestre de 2021, a produção de ovos de galinha registrou 1 bilhão de dúzias, o que representa uma redução de 1,8% em relação ao terceiro trimestre do ano anterior, e alta de 1,5% se comparado ao segundo trimestre deste ano.

 

Em relação ao leite cru, a aquisição pelas unidades beneficiadoras foi de 6,19 bilhões de litros, o que corresponde a uma redução de 4,9% em comparação ao terceiro trimestre do ano passado, mas um aumento de 6,1% em relação ao segundo trimestre deste ano.

 

Os dados levantados pelo IBGE mostram ainda que a aquisição de couro pelos curtumes investigados registraram quedas de 10,4% em relação ao adquirido no terceiro trimestre de 2020 e de 2,2% na comparação com o segundo trimestre de 2021.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix