Campo Grande/MS, Terça-Feira, 12 de Novembro de 2019 |
27˚
(67) 3042-4141
Política
Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, 18h:56
Tamanho do texto A - A+

Deputado propõe parceria público e privada para desenvolvimento de Dourados

Parlamentar usou a tribuna para ressaltar a importância das parcerias entre empresários e prefeitura

Adriana Ximenes
Capital News

Luciana Nassar

Campanha Permanente de Prevenção e Combate à Depressão

Deputado estadual Marçal Filho

 

Nesta terça-feira (22), o deputado Marçal Filho (PSDB) usou a tribuna durante a sessão para incentivar a Prefeitura de Dourados a firmar parcerias com empresários da cidade. A proposta foi suscitada após reunião da Associação Comercial na cidade, com presenças também dos deputados Renato Câmara (MDB), Zé Teixeira (DEM) e Barbosinha (DEM).

 

Conforme o parlamentar foram expostas as dificuldades que os comerciantes passam. “Eles falaram dos problemas que vivenciam, as tributações e diversos assuntos. Eu também expus o que penso, pois hoje chegou a hora de pagar as contas da época das vacas gordas”, criticou o deputado Marçal.

 

Para o deputado é preciso usar de criatividade e fazer parcerias. “Enquanto uns choram, outros vendem lenços. Não só com dinheiro pode ser feito parceria, mas também pelas boas ideias”, ressaltou. Ele exemplificou dizendo que o Estádio Douradão pode ser mais bem aproveitado também pelos 33 municípios no entorno e destacou o viaduto feito pelo município de Maracaju em parceria privada no valor de R$ 6 milhões.

 

“Foi construído por empresa em troca de área para loteamento. A cidade cresceu com isso e o viaduto evitou inúmeros acidentes. Claro que há parcerias que não dão certo, como a privatização da BR 163 que corta o Estado e não conseguimos todas as contrapartidas acertadas em contrato. Enquanto isso o povo paga por tudo, tanto impostos quanto pedágios. Isso precisa ser revisto, mas há muito o que pode ser feito”, finalizou. 

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix