Campo Grande 00:00:00 Quinta-feira, 25 de Julho de 2024


Polícia Domingo, 11 de Junho de 2023, 10:09 - A | A

Domingo, 11 de Junho de 2023, 10h:09 - A | A

Levantamento

Mato Grosso do Sul registrou queda nos crimes nos primeiros cinco meses de 2023

Feminicídios, latrocínios, roubos de veículos, furtos e roubos em residências e de veículos tiveram mais redução

Elaine Oliveira
Capital News

Nos primeiros cinco meses deste ano, os 12 tipos criminais em Mato Grosso do Sul tiveram redução, desde o dia 1º janeiro a 31 maio de 2023. As maiores reduções foram registradas nos feminicídios (-50%), roubos seguidos de morte (-40%), roubos de veículos (-22,4%), furtos em residências (-19,3%), furtos de veículos (-17,7%) e roubos em residências (-13,5%).

De acordo com os dados da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) registram quedas também os roubos em vias urbanas (-12,8%), os homicídios culposos no trânsito (-8,3%), os furtos em geral (-6,9%) e os homicídios dolosos (-4,8%).

Houve expressiva redução da criminalidade também na faixa de fronteira, principalmente nos roubos de veículos (-37,9%), roubos em geral (-17,6%), furtos de veículos (-17,3%), homicídios (-13,3%) e roubos em vias urbanas (-8,1%).

Já em Campo Grande, houve queda em 10 dos 12 índices criminais monitorados pela Sejusp. A maior queda foi nos roubos seguidos de morte (-75%), feminicídios (-40%), furtos em residências (-31,2%), furtos de veículos (-22,7%), roubos em vias urbanas (-12%), roubos em geral (-11,3%), furtos em geral (-9,3%) e homicídios culposos no trânsito (-7,1%).

Nos municípios do interior do Estado foram registradas reduções em 11 dos 12 tipos criminais monitorados pela Sejusp. As maiores quedas foram nos feminicídios (-53,8%), nos roubos de veículos (-36,7%), roubos em geral (-18,5%), roubos em vias urbanas (-15%), roubos em residências (-9,5%), homicídios culposos no trânsito (-8,8%), homicídios dolosos (-8,2%) e furtos de veículos (-7,5%).

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS