Campo Grande Sexta-feira, 24 de Maio de 2024


Interior Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008, 15:49 - A | A

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008, 15h:49 - A | A

Hoje é feriado da consciência negra em Jaraguari

Da redação (LM)

Hoje, 20 de novembro, em todo o Brasil é o Dia Nacional da Consciência Negra – celebração dos 313 anos da morte de Zumbi dos Palmares, assassinado nesta data em 1695, na Serra dos Irmãos, em Pernambuco, após liderar uma resistência que culminou na destruição do Quilombo dos Palmares. Portanto sua morte tornou-se um fato importante para história do País, oficializando Zumbi como herói nacional.

Para Antonio Borges dos Santos, presidente do Instituto Casa da Cultura Afro Brasileiro (ICCAB) e conselheiro do Conselho Estadual dos Direitos dos Negros (Cedine), “a importância desse herói para os negros do Brasil é exemplo de luta, resistência e conquista. Com as mesma garra de Zumbi, atualmente estamos buscando as leis de cotas, as demarcações e titulações de terras das comunidades quilombolas”, disse Borges.

Ele também lembra que em várias capitais do Brasil, como Cuiabá (MT), Goiânia (GO), São Paulo (SP), Rio de Janeiro, Maceió (AL), Porto Alegre (RS), Manaus (AM), João Pessoa (PB), entre outras, é feriado, em comemoração ao Dia da Consciência Negra. Porém, no Estado de Mato Grosso do Sul, dos 78 municípios, é feriado apenas na cidade de Jaraguari.

“É importante o feriado na cidade de Jaraguari. Mas nós, do movimento negro, reivindicamos esse feriado para todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Essa não é uma data apenas para se ficar em casa. Mas uma data para comemoração e reflexão do dia da consciência negra, com atividades culturais, educativas e com a população nas ruas falando da sua história”, disse a professora de história Vânia Lucia Baptista Duarte, coordenadora do Fórum Permanente de Entidades do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul.

Atividades Culturais

Na Capital estão sendo realizadas diversas atividades educativas e culturais em celebração do Dia da Consciência Negra, como visitas nas escolas, palestras, teatros, entre outros eventos. No próximo sábado (22), no período da manhã, na praça Ari Coelho, no Centro, diversos órgãos estaduais e instituições não governamentais que atuam em defesa do negro no Estado promovem atividades culturais: apresentações de músicas regionais e afro-brasileiras, aulas de capoeira, dança e poesia. (Notícias MS)

Comente esta notícia


Reportagem Especial LEIA MAIS