Campo Grande/MS, Quinta-Feira, 06 de Maio de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Quinta-Feira, 11 de Março de 2021, 11h:02
Tamanho do texto A - A+

Prefeitura inicia barreiras sanitárias em quatro pontos de CG

São mais de 200 pessoas envolvidas

Laryssa Maier
Capital News

Divulgação/ CMCG

Barreira sanitária

Barreira sanitária

Nesta quinta-feira (11) a Prefeitura de Campo Grande inicia as barreiras sanitárias em quatro pontos estratégicos das principais entradas do município. Mais de 200 pessoas estarão mobilizadas para realização das abordagens, orientação e  de veículos. O funcionamento das barreiras será diário, de 07h às 18h, inclusive aos fins de semana, inicialmente por 15 dias.

 

As intervenções irão ocorrer em pontos considerados estratégicos nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas, onde há um fluxo maior de veículos vindo dos municípios do interior e de fora do Estado. As fiscalizações farão a triagem previamente de todos os passageiros e motoristas dos veículos que entrarem na cidade por estes pontos, conforme protocolo adotado no ano passado. 

 

A  superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde, Veruska Lahdo,  explica que será feita uma triagem prévia, aferindo temperatura de cada uma das pessoas no veículo, questionando sobre a presença de sintomas da Covid-19 nos dias anteriores à viagem e dando orientações sobre como evitar a contaminação pelo vírus.

 

“O objetivo maior é conscientizar essas pessoas sobre as medidas de prevenção e, de certa forma, controlar o acesso ao nosso município de pessoas suspeitas, considerando que todo o País está sofrendo com o aumento no número de casos, além da circulação de novas cepas do vírus”, diz.

 

Caso o motorista ou passageiro apresente ou relate algum sintoma suspeito, o mesmo será orientado a procurar imediatamente o serviço de saúde. De acordo com a assessoria, o  trabalho deve contar com o apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Guarda Civil Metropolitana (GCM), Polícia Rodoviária Federal, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Militar e todas as secretarias municipais.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix