Campo Grande/MS, Terça-Feira, 25 de Janeiro de 2022 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 08 de Agosto de 2017, 12h:13
Tamanho do texto A - A+

Justiça diz que acompanha recusa da Santa Casa em atender pacientes

Portões do hospital estão fechados desde o dia 3 de agosto

Laura Holsback
Capital News

A. Ramos/Capital News

Entrada da emergência da Santa Casa obstruída

..

Em nota divulgada à imprensa, a 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública de Campo Grande, respondeu críticas feitas pelo prefeito Marquinhos Trad, com relação a apuração sobre a recusa da Santa Casa em receber pacientes. O documento diz que a promotoria instaurou procedimento para apuração dos fatos desde que  ficou ciente do fechamento dos portões do Pronto Socorro da Santa Casa, no dia 03 de agosto de 2017.

As secretarias de Estado de Saúde e Municipal de Saúde teriam sido notificadas sobre a instauração do procedimento para que adotassem as medidas necessárias para evitar que os pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) ficassem sem atendimento em razão da redução do atendimento.

Na tarde desta terça-feira (7), representantes da 32ª Promotoria de Justiça da Saúde Pública convocaram reunião, em que a direção da Santa Casa participou. O encontro reafirmou que o fechamento do Pronto Socorro para atendimentos de baixa complexidade foi previamente acordado em reunião realizada em 22 de maio de 2017.

Desde essa data são admitidos somente pacientes de média e alta complexidades regulados pela Central de Regulação de Vagas. ''A medida foi adotada com objetivo de prestar atendimento digno e de qualidade aos usuários do SUS'', diz a nota.

No documento também é garantido que pacientes de urgência e emergência continuam sendo recebidos no Pronto Socorro da Santa Casa, conforme a capacidade da instalação.

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix