Campo Grande/MS, Quarta-Feira, 16 de Junho de 2021 |
27˚
(67) 3042-4141
Cotidiano
Terça-Feira, 08 de Junho de 2021, 18h:05
Tamanho do texto A - A+

Hospital do Pênfigo instala 10 novos leitos de UTI-Covid em Campo Grande

Medida atendeu o pedido da Sesau para atender o crescente aumento de casos

Elaine Silva
Capital News

Ricardo Minella/SES

Hospital do Pênfigo instala 10 novos leitos de UTI-Covid em Campo Grande

Entrega dos equipamentos no Pênfigo

Hospital Adventista do Pênfigo, de Campo Grande, recebeu nesta segunda-feira (7) mais nove monitores multiparamétricos, para montar 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Segundo o levantamento da Diretoria Geral de Gestão Estratégia da Secretaria Estadual de Saúde, os moradores de Campo Grande representam quase 90% das internações em leitos clínicos ou de Covid-19 em hospitais da Capital. Com os novos leitos, que devem ser ativados ainda nesta semana, o Hospital Adventista do Pênfigo passará dos atuais 30 leitos de UTI-Covid, já habilitados, para 40 leitos. Anteriormente, a Secretaria Estadual de Saúde já havia repassado à unidade, 10 camas hospitalares e 60 bombas de infusão, oriundas de doações da empresa JBS e de aquisição própria do Estado. De acordo com a SES, a medida atendeu a um pedido da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), para atender à crescente demanda, oriunda do aumento de casos de Covid-19 na capital e outras regiões do Estado.

Os percentuais comparativos entre pacientes que residem em Campo Grande e aqueles que moram em outras cidades, nos cinco primeiros meses deste ano, praticamente se mantém em relação ao ano passado. Das 3.566 pessoas internadas em hospitais da capital, 3.114 declararam residência em Campo Grande, o equivalente a 87%. Os residentes na microrregião foram 260 (7,2%); os moradores da macrorregião somaram 163 pacientes (5%); e os oriundos de outras cidades foram 29 (0,8%).

Internações
Relatório produzido pela Diretoria Geral de Gestão Estratégica da Secretaria de Estado de Saúde aponta que, dos 5.051 pacientes de Covid-19 internados em hospitais de Campo Grande, de março a dezembro do ano passado, 87,8%, ou seja, 4.436, eram residentes no Município de Campo Grande.

Ainda durante 2020, a partir de março, 322 pacientes de Covid-19 internados na capital (o equivalente a 6,4%) declararam residência na microrregião de Campo Grande, compreendida, além da capital, por outras sete cidades: Sidrolândia, Terenos, Jaraguari, Bandeirantes, Corguinho, Rochedo e Rio Negro). Os pacientes oriundos dos 33 municípios da macrorregião de Campo Grande foram 265, o equivalente a 5,2% das 5.051 internações.

Também no ano passado, do total de pacientes de Covid-019 internados em Campo Grande, apenas 28 não foram oriundos de cidades pertencentes à macrorregião de Campo Grande que engloba ainda as cidades de Alcinópolis, Anastácio, Aquidauana, Bandeirantes, Bela Vista, Bodoquena,  Bonito, Camapuã, Caracol, Chapadão do Sul, Corguinho, Costa Rica, Coxim, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Jardim, Maracaju, Miranda, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Paraíso das Águas, Pedro Gomes, Porto Murtinho,  Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde, Rochedo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Sonora e Terenos.

 

NENHUM COMENTÁRIO

Clique aqui para "COMENTAR ESTA NOTÍCIA" e seja o primeiro a comentar!
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO

Trinix